79% dos consumidores pretendem fazer compras na Black Friday

79% dos consumidores pretendem aproveitar a Black Friday para fazer compras. A expectativa é que por conta da inflação de custos neste ano tenha-se menos itens promocionais.

Black Friday

compras black friday

O ano de 2021 está sendo mais um ano atípico na vida dos brasileiros. A inflação de custos está fazendo diversos produtos subirem de preço, o que impacta diretamente no orçamento das famílias.

Por conta disso, 79% dos consumidores pretendem aproveitar a Black Friday para comprar itens que estão precisando ou até mesmo antecipar as compras de Natal. No entanto, neste ano poderemos ter menos itens promocionais.

Isso acontece porque estamos vivendo momentos em que há uma grande falta de componentes e matérias-primas no mercado. Contudo, alguns setores como de eletroeletrônicos estão mais confiantes para este momento.

CARTÃO MÉLIUZ
CARTÃO DE CRÉDITO

CARTÃO MÉLIUZ

CASHBACK
 
SEM ANUIDADE
Cartão de crédito que te devolve até 1,8% do dinheiro gasto na fatura
Você permanecerá no site atual

Black Friday é aguardada por grande parte dos consumidores

Conforme antecipamos, 79% dos consumidores estão aguardando a Black Friday para fazerem compras. No entanto, por conta das dificuldades de conseguir matéria-prima, acredita-se que a data terá menos itens promocionais.

De acordo com a Abinee (Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica), a produção da indústria elétrica e eletrônica sofreu sua terceira queda consecutiva no mês de agosto. Isso acontece por causa das dificuldades na aquisição de componentes.

Ao comparar com o mesmo período do ano anterior, a produção caiu 6,7%. De acordo com um estudo feito pela GfK, consultoria mundial que usa data analytics para trazer novas estratégias, 87% dos consumidores pretendem gastar o mesmo ou até mais que o ano passado na Black Friday.

Embora isso possa ser visto como um aquecimento econômico, a verdade é que os consumidores estão esperando boas oportunidades de desconto para comprarem itens que estão faltando, ou até mesmo para anteciparem as compras de Natal.

Afinal, a inflação foi a grande vilã do orçamento neste ano de 2021. Tudo acabou ficando mais caro, e como a renda não cresceu, o poder de compra ficou bem menor e aí o brasileiro aproveita essa oportunidade para comprar mais barato.

Lojistas precisam se atentar às novas necessidades dos consumidores

A consultoria destacou também que os lojistas precisam estar atentos à jornada do consumidor. Afinal, apesar de muitos consumidores migrarem para o online, ainda haverá muita venda no ambiente físico.

Por isso, os especialistas apontam para a importância da fusão entre o ambiente físico e digital para garantir uma experiência melhor para os consumidores. Claro que tudo depende de cada produto que for ofertado.

De acordo com Fernando Baialuna, diretor de Negócios e Varejo da GfK, alguns itens como smartphones, TV e linha branca possuem uma maior procura no comércio tradicional, visto que os consumidores ainda buscam vivenciar a experiência com o produto.


Leia também:


Black Friday poderá ter uma maior duração neste ano

Por conta da baixa nas vendas durante 2021, a Black Friday deverá ter uma maior duração neste ano, com ações promocionais ao longo de todo o mês de novembro. Isso já está sendo observado de alguns anos para cá.

Essa técnica é conhecida como “pulverizar” descontos e tem como objetivo trazer mais confiança para os clientes com descontos por períodos mais alongados, além de aumentar as vendas da empresa durante todo o mês.

Baialuna ainda destaca que os consumidores veem na Black Friday uma oportunidade para comprar um item de desejo ou então trocar um aparelho mais antigo por um mais moderno como um fogão, TV, notebook etc.

E diante de um ano em que a inflação está crescendo a passos largos, qualquer economia ajuda bastante no orçamento. Afinal, essa é uma boa oportunidade de comprar itens a preços um pouco melhores.

Portanto, a expectativa em torno da data é bastante grande, e é bem provável que as grandes redes varejistas deverão trazer condições incríveis para todos os seus consumidores.

Gostou deste artigo? Então não deixe de compartilhar com todos os seus amigos e parentes nas suas redes sociais e nos ajude a disseminar o conhecimento.