BTG Pactual compra Empiricus para crescer no varejo

Em uma negociação recente, o BTG Pactual adquiriu o Grupo Universa pelo valor de R$ 440 milhões à vista e R$ 250 milhões em ações do BTG Pactual. Esse é mais um passo do banco no segmento de varejo de investimentos.

Publicidade
Publicidade

BTG Pactual

BTG Pactual

No final do mês passado o BTG Pactual anunciou a compra do Grupo Universa que é a holding que controla a Empiricus Research, a gestora Vitreo, a plataforma de investimentos Real Valor e os portais Money Times e Seu Dinheiro.

A intenção do BTG é expandir a sua atuação no segmento de varejo de investimentos. O banco já vem trabalhando para se consolidar no varejo com uma conta digital completa e três opções de cartão de crédito para seus clientes.

Com essa nova aquisição, a instituição ganha ainda mais impulso para ampliar a sua atuação. Afinal, essa nova aquisição vai atender às novas demandas do mercado de investimentos brasileiros, que tem passado por várias transformações.

CARTÃO BTG+
CARTÃO DE CRÉDITO

CARTÃO BTG+

SEM ANUIDADE
 
CASHBACK
Um cartão com um programa incrível de cashback!
Você permanecerá no site atual

Como fica a atuação do BTG Pactual?

Nos últimos anos temos observado um crescimento bem acelerado dos bancos digitais e do aumento na procura por investimentos. Principalmente depois da chegada da pandemia que pegou muita gente de surpresa.

Publicidade

Até então, o brasileiro não tinha o hábito de poupar. Contudo, por se ver sem renda de uma hora para outra, muita coisa mudou. E de olho nessa tendência o BTG começou a sua expansão no mercado de varejo brasileiro de investimentos.

Publicidade

De acordo com Marcelo Flora, sócio-responsável pelo BTG Pactual, a nova aquisição do banco é o resultado de um relacionamento de longo prazo que foi construído na base do respeito e da admiração mútua. Contudo, foi só recentemente que o banco começou a falar de parcerias e outras alternativas mais concretas.


Veja também:


Um pouco mais sobre os novos parceiros

Com essa nova aquisição o Universa amplia a sua atuação junto ao investidor pessoa física sem perder a sua independência editorial e de criação de conteúdos. No entanto, para os clientes da Empiricus e Vitreo nada muda.

Inclusive eles passam a ter mais benefícios com apoio institucional, de capital e tecnologia. Esse é um grande impulso ao modelo 3.0 de investimentos. E de acordo com Caio Mesquita, CEO da casa de análise, agora é possível fazer mais pelos clientes.

Felipe Miranda, estrategista-chefe da Empiricus, enaltece que agora com a BTG Pactual, a empresa será capaz de realizar o que sempre desejou. Atualmente a Empiricus já lidera os portais Seu dinheiro e Money Times.

Ela também é parceira da Vitreo desde que a casa surgiu como gestora no ano de 2018. Só para ter uma ideia, juntas elas criaram um modelo de negócio alinhado ao cliente que chamou a atenção do mercado.

BTG Pactual e XP Investimentos travam uma verdadeira guerra

O segmento de varejo de investimentos tornou-se alvo de uma verdadeira guerra entre a BTG Pactual e a XP Investimentos. Inclusive, a BTG está atraindo escritórios de agentes autônomos para incorporar a sua plataforma.

Isso vem chamando a atenção da XP, que anunciou pela primeira vez uma sociedade com o escritório de agentes autônomos Messen. Essa prática vinha sendo adotada até então exclusivamente pela BTG Pactual.

A nova aquisição da BTG Pactual foi fechada por R$ 440 milhões à vista e R$ 250 milhões em units BPAC11. Ambos mediante a transação de conclusão. Além disso, poderá haver o pagamento de valores financeiros no período de 4 anos dependendo do atingimento das metas operacionais e financeiras.

Quem sai ganhando com tudo isso é o pequeno investidor que agora terá ainda mais opções de conteúdos e fundos para investir. E ao que tudo indica, essa guerra entre BTG e XP investimentos ainda vai render bons frutos para o futuro.

Gostou do artigo? Então não deixe de compartilhar com todos os seus amigos e parentes nas suas redes sociais e nos ajude a disseminar o conhecimento.