Cadastro Único : passo a passo para saber se você está cadastrado

Publicidade
Publicidade

O auxílio emergencial de R$ 600 por mês foi aprovado pelo governo, sendo que a consulta ao Cadastro Único do Ministério da Cidadania já está disponível em diversos canais.

O CadÚnico, irá ajudar o governo a verificar a renda das pessoas que nele estão inscritas. Todavia, quem não está cadastrado e é profissional autônomo também poderá receber o auxílio preenchendo uma autodeclaração na plataforma digital.

Para saber se você está cadastrado no CadÚnico há três caminhos: consultando o site do Ministério da Cidadania, o aplicativo Meu CadÚnico ou até mesmo pelo telefone. Vamos falar um pouco mais sobre cada um deles.

Consultando o Cadastro Único pelo site

Para consultar o cadastro único por um PC ou notebook é preciso acessar o site: aplicacoes.mds.gov.br/sagi/consulta_cidadao/ e iniciar a consulta. No entanto, a assessoria de imprensa do Ministério da Cidadania informou que o site na quarta-feira (01) estava apresentando bastante instabilidade.

Publicidade

Após acessar o endereço acima, você encontrará esta página abaixo:

Publicidade
Página da Consulta Cidadão — Foto: Reprodução do Ministério da Cidadania

Role a tela para baixo até encontrar este formulário:

Formulário Cadúnico — Foto: Reprodução do Ministério da Cidadania

Nele, você terá que preencher o seu nome completo, data de nascimento, nome da mãe, estado e município que você está residindo. Feito o preenchimento, clique em “Emitir”. Assim você saberá se está ou não inscrito no CadÚnico.

Jailon Giacomelli, planejador financeiro da Par Mais, enaltece que se alguém lembra que foi cadastrado mas não encontra o seu cadastro, é necessário buscar por várias versões de seu nome, visto que podem conter erro de caligrafia ou até mesmo para quem casou ou divorciou ter trocado o sobrenome ao longo do tempo.


Veja também:


Consultando pelo aplicativo

Para quem deseja fazer a consulta pelo smartphone, é preciso primeiramente baixar o aplicativo Meu CadÚnico no celular. Basta clicar aqui para baixá-lo e prosseguir a sua consulta.

Após baixar o aplicativo, você terá acesso à tela abaixo, bastando apenas clicar em entrar:

Cadunico — Foto: Reprodução

Feito isso, você terá que inserir as mesmas informações que teria que inserir no site como: nome completo, data de nascimento, nome da mãe, estado e município em que reside.

Cadunico — Foto: Reprodução

Consulta do Cadastro Único por telefone

Por fim, para quem deseja fazer a consulta por telefone basta ligar no número 0800 707 2003 para tirar as dúvidas. Esse é um canal que foi disponibilizado pelo Ministério da Cidadania somente para essa finalidade.

Lembrando que o serviço é gratuito, e a ligação pode ser feita tanto de um telefone fixo quanto de um telefone móvel. Os horários de atendimento são:

  • 07h00 às 19h00 de segunda à sexta-feira;
  • 10h00 às 16h00 de finais de semana e feriados nacionais e durante o Calendário de Pagamento do Bolsa Família.

Lembrando que mesmo que você não esteja no cadastro único, mas possui renda pessoal de meio salário mínimo ou renda familiar inferior a três salários mínimos basta preencher uma autodeclaração na plataforma digital para receber o auxílio.

A declaração ainda não foi informada como será feita. Entretanto, o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, chegou a declarar que autônomos que não constam em nenhum cadastro do governo devem ficar por último no cronograma de pagamento.

Gostou deste artigo? Deixe o seu comentário, sua sugestão e compartilhe essa notícia com seus amigos nas redes sociais.