Como se proteger do golpe do Delivery? Entenda!

Com o aumento do golpe de Delivery nos últimos anos, o Procon-SP está estudando algumas medidas para procurar proteger os consumidores. Mas é importante seguir alguns protocolos para não ser vítima dos fraudadores.

Golpe do Delivery

Golpe do Delivery

No ano passado, com a chegada da pandemia de Covid-19, muita coisa mudou em nossas vidas. Uma delas foi o aumento nas compras delivery. Afinal, por conta do isolamento social, deixamos de sair de casa.

Entretanto, junto com o aumento das compras por Delivery também aumentaram os golpes. Para se ter uma ideia, de janeiro a julho deste ano houve um crescimento de 136% no golpe do Delivery, de acordo com o Procon-SP.

Em julho do ano passado o Procon chegou a emitir um alerta falando que alguns golpistas conseguiram roubar mais de R$ 5 mil das suas vítimas. A maior parte das reclamações diz respeito ao valor cobrado no cartão, que é superior ao valor da comida.

CARTÃO MEU BMG
CARTÃO DE CRÉDITO

CARTÃO MEU BMG

NEGATIVADO
 
SEM ANUIDADE
Um cartão de crédito que tem a sua cara!
Você permanecerá no site atual

E como se proteger desses golpes?

Conforme dissemos, a maioria dos golpes realizados no cartão dizem respeito ao valor cobrado que é superior ao valor da comida. Além disso, os consumidores reclamam que as empresas responsáveis não tomaram nenhuma medida para reembolsá-los.

Para ajudar na diminuição desses golpes, o Procon está estudando a possibilidade das empresas responsáveis pelos aplicativos exigirem que os pagamentos sejam feitos apenas de maneira online. Ou seja, o pagamento no ato da entrega estaria proibido. Além disso, é fundamental tomar algumas precauções.


Veja também:


Sempre confira o valor digitado na maquininha de cartão

Uma precaução que deve ser sempre tomada diz respeito ao valor digitado na maquininha de cartão. Se por acaso o leitor da maquininha estiver danificado e você não conseguir ver o valor, simplesmente não pague.

Mesmo que o entregador diga que irá levar o seu pedido embora, é melhor assim. Afinal, é mais importante você esperar por outro pedido do que ter um valor da sua conta ou do seu cartão de crédito fraudado.

Verifique se você está digitando a senha do cartão no campo correto

Uma outra maneira dos fraudadores agirem é fazer você digitar a senha no campo de valores. Fique atento, pois a senha não aparece na tela da maquininha. Se isso acontecer é bem provável que você esteja sendo vítima de um golpe.

Portanto, antes de digitar a senha certifique-se de que o valor da compra já foi digitado, e que a palavra senha esteja escrita acima da onde você está digitando. Caso contrário, simplesmente se recuse a pagar.

Nunca passe os dados do seu cartão por App ou telefone

Uma outra forma que os golpistas estão encontrando é pedir os dados do seu cartão de crédito por telefone. Entenda que esses dados são intransferíveis e você não deve e nem precisa fornecê-los para ninguém.

Portanto, em nenhum momento você deve passá-los por telefone. Se a pessoa do outro lado da linha pedir, negue. Uma boa dica é optar pelo pagamento Pix nesse caso ou então fazer a compra só pelo App oficial para se proteger.

Desconfie sempre de histórias mal contadas

Geralmente os golpes pela internet possuem algo em comum: uma história mal contada. Se você perceber que a empresa está com uma história estranha, simplesmente cancele o seu pedido. Lembre-se que não vale o risco.

Além disso, se você tiver alguma dúvida entre em contato com os canais oficiais do aplicativo que você está usando para realizar a compra. Se você estiver desconfiado não confirme sua compra. É melhor assim.

Algumas precauções como essas ajudam a evitar que você seja vítima de um golpe. Inclusive se por acaso você for lesado, entre em contato com o Procon para relatar a sua queixa e evitar que novas pessoas sofram o mesmo.

Gostou deste artigo? Então não deixe de compartilhar com todos os seus amigos e parentes nas suas redes sociais e nos ajude a disseminar o conhecimento.