4 dicas para você organizar o orçamento doméstico!

Quer sair do sufoco, conseguir pagar os boletos e controlar melhor seus gastos? Continue a leitura e confira nossas dicas para melhorar o seu orçamento.

Publicidade
Publicidade

Dicas organizar o orçamento doméstico

orçamento doméstico

Você está passando aperto? Precisa organizar o seu orçamento doméstico para conseguir sair desse sufoco?

Realmente a situação não está fácil para ninguém. E no começo do ano ela piora ainda mais com tanta conta que temos para pagar.

É IPTU, IPVA, material escolar, matrícula, fora as parcelas dos presentes que compramos no final do ano, não é verdade? Mas, o que fazer para sair desse aperto?

Pensando nessa situação, separamos neste artigo 4 dicas para você organizar o seu orçamento doméstico e sair do aperto neste ano. Confira!

Publicidade

1 – Comece organizando o seu orçamento doméstico

O primeiro passo para você sair do aperto é conhecer o seu orçamento. Diz a verdade, você sabe exatamente onde gasta o seu dinheiro?

Publicidade

É bem provável que não. E esse é um dos maiores erros que nós costumamos cometer. Por isso estamos sempre apertados com as finanças.

Sem conhecer o nosso orçamento, como vamos cortar os gastos desnecessários? Portanto, o primeiro passo para sair do sufoco é organizando as finanças.

Comece a marcar todas as entradas e saídas. Se quiser, existem hoje diversos Apps que te ajudam nessa empreitada.

Ao marcar todos os seus gastos, ficará muito mais fácil começar a fazer um planejamento de cortes no mês.

2 – Classifique os seus gastos e comece os cortes

Após começar a marcar tudo aquilo que você gasta, o ideal é começar a classificar os seus gastos. Por exemplo: vestuário, alimentação fora de domicílio, moradia, etc.

Ao fazer essa classificação, você consegue saber onde está gastando mais e começar a cortar esse tipo de gasto desnecessário.

Claro que um bom planejamento de gastos não terá um impacto grande no primeiro ou segundo mês. Por isso é importante persistir.

Vá cortando, evitando comprar produtos desnecessários que com o passar do tempo, certamente você vai conseguir economizar dinheiro.


Confira outras dicas:


3 – Evite compras por impulso de todas as formas

Se você está apertado, evite fazer compras por impulso. Pode ter certeza que as compras por impulso são responsáveis pela situação que você se encontra.

Afinal, se você começa a comprar produtos desnecessários, por menor que possa parecer o gasto, ele fará falta no final do mês.

Portanto, antes de fazer qualquer compra se pergunte: eu preciso desse produto? Eu poderia ter evitado essa compra? Fará diferença para mim essa compra?

Dependendo das respostas que você obtiver, não compre. Contenha seu impulso nesse momento, pode ter certeza que você vai economizar.

Ah, e não menospreze valores pequenos. Qualquer sorvete fora de hora deve ser reconsiderado se a situação não está favorável.

4 – Classifique suas dívidas e comece a poupar para pagá-las

Se você não tem dívidas, ótimo. Fazendo esse bom planejamento comece a guardar ao menos 10% do seu rendimento.

Agora, se você tem dívidas, procure marcá-las e classifique-as pelos juros, indo das dívidas com juros maiores até as dívidas com juros menores.

Comece então a guardar uma parte dos seus ganhos para pagá-las. Pague primeiro as que têm juros maiores para se livrar delas.

Depois vá pagando aquelas que possuem juros menores, até que simplesmente você deixe de tê-las e passe a ter mais tranquilidade.

Se preciso for, tome um empréstimo pessoal e deixe um espaço no orçamento para a parcela. Com isso, você consegue sanar dívidas com juros maiores e ganhar mais prazo para sair do sufoco.

Hoje em dia existem diversas opções de empréstimo pessoal no mercado, como Banco Pan, Bom Pra Crédito, SIM, dentre outros.

Organização e planejamento devem ser as palavras de ordem para você sair do aperto. Gostou do artigo? Então compartilhe com seus amigos nas redes sociais.