Empréstimo para começar uma empresa vale a pena? Entenda!

Quer começar a empreender, mas precisa de verba para abrir seu negócio? Continue a leitura e descubra se solicitar empréstimo é a solução.

Publicidade
Publicidade

Empréstimo para começar uma empresa

empréstimo para começar uma empresa

Vai começar um novo negócio, mas está em dúvida se vale ou não a pena tomar um empréstimo para isso?

Resolver esse enigma não é fácil. Até porque envolve diversas questões que exigem uma boa análise e um profundo planejamento do ramo que você está entrando.

A primeira pergunta que você precisa se fazer é: a empresa que pretendo iniciar dará lucro suficiente para pagar esse empréstimo?

Se a resposta for negativa, ou você tiver dúvidas ainda, não comece. Planeje um pouco mais, e avalie criteriosamente mais alguns aspectos.

Publicidade

Como saber se vale ou não a pena tomar um empréstimo para empreender?

Para você saber se vale ou não a pena tomar um empréstimo para começar uma empresa, não há outro caminho a não ser planejar.

Publicidade

Avalie se a sua empresa terá mercado, se terá algum diferencial em relação aos concorrentes, e quanto você acha que terá de vendas mensais.

Além disso, pense em quanto você precisa tirar da empresa para manter o seu custo de vida particular. Isso é essencial para não desfalcar o negócio.

Pois, se você tomar um empréstimo pessoal, terá que pagar o valor das parcelas e mais o valor do seu pró-labore para suas contas pessoais.

Se você não pensar em todas essas questões, certamente irá passar apuros com seu negócio durante o mês, e poderá desistir muito rapidamente.


Veja também:


Não tome empréstimos de curto prazo em hipótese alguma

Um erro muito comum que grande parte dos empresários comete ao começar um empreendimento é tomar empréstimos de curto prazo.

Esse é um erro crucial, pois quando você está pagando um empréstimo, nele está embutido a devolução do capital e os juros correspondentes ao empréstimo.

Então, se o empréstimo for de curto prazo, mesmo que os juros aparentemente sejam menores, a devolução do capital será bem maior.

Aí eu te pergunto: o negócio conseguirá ter lucro suficiente para devolver esse montante em tão pouco tempo? Geralmente não.

Até porque, no início da sua empresa os seus clientes ainda não te conhecem, e vai um tempo para você começar a aumentar o seu faturamento.

Sendo assim, o ideal é que o empréstimo seja de mais longo prazo, com menos juros e se possível até uma carência de alguns meses para começar a pagar.

Qual é o melhor tipo de empréstimo para iniciar uma empresa?

Se você está querendo começar um negócio, o crédito mais indicado é o empréstimo com garantia de imóvel ou garantia de veículo.

Esse é um tipo de empréstimo que possui um prazo mais alongado que pode chegar em até 120 meses para pagar. Ou seja, até 10 anos.

Além disso, as taxas de juros nessa modalidade são bem mais atrativas, sendo que em alguns casos ela é inferior a 1% ao mês.

Agora, se você não possui uma casa ou carro quitados, uma outra alternativa é tomar um empréstimo pessoal do Banco Pan, por exemplo.

Mas atenção. Lembre-se de avaliar se o seu empreendimento será capaz de pagar o valor da parcela, assim como o seu pró-labore para você não se atrapalhar.

Um dos principais erros que grande parte dos empresários cometem é começar um empreendimento sem fazer uma análise criteriosa.

Inclusive, uma das maiores causas da mortalidade das empresas é a falta de planejamento antes de começar. Por isso, perca o tempo que for preciso fazendo um bom planejamento.

Agora que você já sabe do que precisa, é arregaçar as mangas, começar a colocar tudo na ponta do lápis e então abraçar o seu sonho.

Gostou deste artigo? Então não deixe de compartilhar com seus amigos e parentes nas suas redes sociais.