Entenda a oscilação no preço das ações da CVC, Banco Inter e Petrobrás!

O mês de outubro não foi dos melhores para as empresas nacionais listadas na Bolsa de Valores. Organizações como Banco Inter e CVC fecharam o mês em baixa, ao passo que a Petrobras viu o valor das ações subirem durante outubro.

Banco Inter

Inter, CVC e Petrobras

O mês de outubro foi marcado por semanas difíceis para os ativos das empresas nacionais no mercado financeiro. No entanto, apesar disso, algumas ações como Banco Inter, CVC e Petrobrás conseguiram se recuperar no início de novembro.

Vale destacar que a cautela ainda persiste, pois as contas públicas do Brasil não estão em seus melhores dias, e a expectativa de furar o teto dos gastos no próximo ano gera ainda mais temores entre os investidores externos.

Diante desse cenário, na ponta perdedora aparecem apenas as empresas exportadoras, com receitas dolarizadas. E, embora o mês tenha sido difícil para as empresas de tecnologia, o Banco Inter se segurou bem nessa.

CARTÃO BANCO INTER
CARTÃO DE CRÉDITO

CARTÃO BANCO INTER

SEM ANUIDADE
 
CASHBACK
Cartão de crédito ou débito, internacional com custo ZERO
Você permanecerá no site atual

Ações do Banco Inter

As ações do Banco Inter começaram o mês de outubro valendo R$ 17,14. Vale destacar que o valor das ações da instituição estão em queda após bater a máxima histórica no dia 21 de julho. Data essa que o valor das ações atingiu R$ 28,49.

No decorrer do mês de outubro, as ações da empresa enfrentaram momentos difíceis, com o pior desempenho, acontecendo na sexta-feira (29) quando as ações fecharam o pregão em R$ 12,23. No entanto, na última segunda-feira (01) houve uma recuperação de 19,37%, elevando o valor das ações para R$ 14,60.

As incertezas diante do aumento da taxa Selic e da evolução da dívida pública brasileira podem gerar novas oscilações no preço das ações da fintech, no entanto para o longo prazo há um grande otimismo em relação a sua valorização.


Leia também:


Ações da CVC e o setor de turismo

Apesar do avanço da vacinação e da reabertura da economia, o setor de turismo ainda não deu mostras de melhoria. Afinal, as ações da CVC tiveram um fraco desempenho durante todo o mês de outubro, com baixa recuperação nos últimos dias.

Na sexta-feira (29) o valor das ações da CVC estava em R$ 15,97, sendo esse um dos piores patamares dos últimos 3 meses. No entanto, na segunda-feira (01) houve uma leve recuperação, elevando o valor para R$ 16,81.

A empresa vem enfrentando uma tempestade perfeita que parece não ter fim. A última notícia que afetou o preço das ações foi o ataque de hackers que derrubaram os sistemas da companhia. Com o final de ano chegando, espera-se uma recuperação do setor.

Ações da Petrobrás

Diferente do Banco Inter e da CVC, a Petrobrás teve um bom desempenho durante o mês de outubro, com algumas poucas baixas. Os papéis que chegaram a estar cotados a R$ 24,65 no dia 20 de setembro, fecharam o mês em R$ 27,25.

Na última segunda-feira (01) houve uma leve valorização, elevando o preço das ações para R$ 28. O que justifica o bom desempenho é a alta no preço do barril de petróleo no mercado internacional, bem como a desvalorização do câmbio.

Um outro ponto que também colaborou para o crescimento no preço das ações foi a notícia de que o governo está planejando vender as ações ordinárias e preferenciais da empresa. Com isso, a União deixaria de ser acionista majoritária da companhia.

Independente do setor, os próximos meses serão decisivos para as empresas com capital aberto. Pois, o congresso decidirá sobre o futuro do Auxílio Brasil que para ter recursos poderá furar o teto dos gastos.

Caso isso aconteça, o risco Brasil poderá se elevar fazendo com que haja uma fuga de capitais do país, o que acarretaria em desvalorização das ações das principais empresas listadas na Bolsa de Valores.

Gostou deste artigo? Então não deixe de compartilhar com todos os seus amigos e parentes e nos ajude a disseminar o conhecimento.