OLX faz parceria com os Correios e lança serviço de entrega

Confira a novidade da empresa OLX LX que firmou uma parceria de entregas para suas entregas. Ela disponibilizará uma forma de envio de mercadorias atrelada aos correios.



Anúncios



Publicidade

OLX faz parceria com os Correios

OLX

Diante da pandemia de coronavírus, diversas empresas estão inovando os seus serviços. Esse é o caso da OLX que firmou uma parceria de entregas com os correios.

Além disso, a empresa também anunciou na última sexta-feira (24) que está expandindo o serviço de carteira digital OLX Pay.

Com isso, a plataforma está se aproximando cada vez mais do seu principal concorrente, o Mercado Livre, que já faz a intermediação de parte do comércio entre o lojista e o consumidor.

Dessa forma, a carteira digital da OLX que já estava em fase de testes desde o começo do mês de maio, passará a estar disponível para todos os usuários da plataforma.



Publicidade

Lançamento do app para outras versões

Hoje a novidade do OLX somente está disponível para os smartphones com sistema Android. No entanto, a empresa afirmou que a versão para navegadores em PC ou IPhone, está em desenvolvimento com previsão de lançamento para os próximos meses.



Anúncios

Com isso, a empresa pretende realmente vir para a briga. Até porque o Mercado Livre está com uma estratégia muito bem consolidada no mercado brasileiro.

Desse modo, a empresa holandesa, além da expansão da carteira digital, também irá disponibilizar uma forma de envio de mercadorias atrelada aos correios que fará parte da OLX Pay.

De acordo com Andries Oudshoorn, CEO da companhia, o envio de produtos por meio do delivery, irá trazer mais oportunidades de transações tanto para os vendedores quanto para os compradores. Afinal, a distância deixará de ser um obstáculo.

OLX está avançando na intermediação digital

Com essa parceria, a empresa permitirá que a compra e venda de diversos itens seja feita sem a necessidade das partes se encontrarem fisicamente.

Isso sem falar que ter uma ferramenta que assegura a retenção e devolução do dinheiro caso aconteça alguma divergência na compra é mais uma vantagem para o consumidor.

Esse é um tipo de serviço que a OLX até então não fazia, mas que o Mercado Livre já vem fazendo, e por isso a empresa agora espera avançar mais neste mercado.

Além disso, o cliente também não precisa obrigatoriamente aderir ao sistema integrado dos correios. Isso será opcional.

Um outro ponto destacado pela empresa é que a OLX Pay cobra uma taxa inicial que varia entre R$ 10 e R$ 2 mil para o vendedor, sendo que ela é inserida como restante do valor da venda.

No entanto, este pagamento é feito somente no primeiro uso. Mas, a boa notícia é que o vendedor que fizer o cadastro até o dia 15 de agosto estará isento deste valor.


Veja também:


OLX está cada vez mais de olho no mercado digital

Esse avanço da OLX vem em um momento bastante oportuno da economia. Afinal, por conta da pandemia, o mercado digital está mostrando um robusto crescimento.

Enquanto o varejo físico está amargando perdas imensuráveis, o mercado digital está crescendo a passos largos, e é nítido uma migração de diversos lojistas.

Portanto, para embarcar nesse crescimento, a OLX está aperfeiçoando os seus serviços no Brasil, e promete vir para brigar com o Mercado Livre.

Gostou deste artigo? Deixe o seu comentário, sua sugestão e compartilhe esta notícia com seus amigos nas redes sociais.