PicPay e a inteligência artificial: conheça a nova aposta da fintech

Publicidade

A fintech de pagamentos digitais PicPay, já está se destacando no mercado de pagamentos digitais, também com cerca de 14 milhões de clientes está com um mercado muito bom. Mas, a intenção é aumentar ainda mais a quantidade de clientes e chegar até 100 milhões em 2028.

Para pode fazer frente a esta meta ambiciosa para ser cumprida em apenas 8 anos, o PicPay pretende se utilizar de inteligência artificial. Atualmente, eles estão criando algoritmos para conhecer um pouco melhor seus clientes e poder oferecer serviços personalizados, de acordo com o perfil do cliente.

Como vai funcionar o novo projeto?

Este novo projeto, envolvendo inteligência artificial está sendo dirigido pelo doutor da universidade de Toronto e diretor de “aprendizado de máquina” do banco inglês Barclays, Isaac Ben-Akiva. O doutor montará uma equipe de cerca de 50 cientistas de dados até o fim do ano.

O PicPay tinha apenas 200 funcionários no início de 2019, mas até 2020 pretende criar uma equipe de 1800 colaboradores. Todas estas mudanças vão ocorrer para alcançar o avanço que a empresa espera para 2028.

Publicidade

O que exatamente o PicPay pretende alcançar com o uso da inteligência artificial (IA)?

Bem-Akiva já adiantou que a aplicação da IA não será nada conservadora, até porque a intenção de avanço da empresa não também não é conservadora. O principal objetivo é de conseguir levantar informações sobre os cientes e montar um perfil psicossocial que permita oferecer o produto certo na hora ideal.

Publicidade

As suas informações pessoais não ficaram desprotegidas, já que a análise é feita geralmente em grupo é realizada por algoritmos pré-programados. Construir um perfil do cliente não é novidade para gigantes como Google e Facebook, que já fazem isto a décadas.

Quais as inovações que o PicPay vai trazer?

A maioria das empresas de crédito e bancárias utilizam as informações dos birôs de crédito somente. A proposta do PicPay é ir além dos dados tradicionais, como a frequência de compras e os tipos de compras feitas.

Já em fevereiro está sendo implementado um modelo de IA que dá descontos em cashback conforme o perfil do cliente. Os diretores do projeto explicam que não faz sentido oferecer desconto em metrô se a pessoa não utiliza metrô, por isso, o perfil de compra do cliente vai mostrar qual a melhor forma de manter ele engajado na plataforma.

Os clientes em potencial do PicPay são os 45 milhões de brasileiros que não utilizam o sistema bancário até o momento. Ao que parece o PicPay pretende compartilhar informações com parceiros, já que caso um supermercado queira fazer uma promoção de determinado item, saberá exatamente para quem oferecer com as informações de compra do PicPay.


Veja também:


Conclusão

Então, gostou de ficar por dentro das novidades que o PicPay está trazendo? Ao que parece em breve os clientes começaram a receber promoções personalizadas. Gostou da novidade? Comente conosco sua opinião e compartilhe com os amigos também!