Cartão de crédito – Qual o Score mínimo para conseguir aprovação?



Anúncios



Publicidade

É bem provável que você já tenha ouvido falar sobre o Score do Serasa, mas você sabe qual o impacto dele sobre a aprovação do cartão de crédito?

Apesar de ser um bom mecanismo e funcionar há bastante tempo no Brasil, muita gente ainda tem dúvidas sobre como se dá a pontuação do score, e qual é a pontuação mínima para se conseguir uma aprovação do cartão de crédito.

Primeiramente, vale ressaltar, que a pontuação do Score vai de 0 a 1000. Sendo assim, quanto maior for a sua pontuação, mais bem conceituado você é perante às instituições de crédito do país.

CARTÃO PAGBANK
CARTÃO DA CONTA DIGITAL

CARTÃO PAGBANK

NEGATIVADO
 
FÁCIL ACEITAÇÃO
Cartão sem anuidade que te ajuda no dia a dia!
Você permanecerá no site atual

Nesse sentido, podemos salientar que o score acaba sendo, digamos, uma segurança para as instituições de crédito. Pois, por meio dele elas sabem até que ponto um determinado cliente costuma honrar os seus compromissos.



Publicidade

Existe um score mínimo para ter um cartão de crédito?

Não. A resposta é bem objetiva, até porque cada instituição tem os seus próprios mecanismos e critérios para realizar a aprovação do cartão.



Anúncios

Pode acontecer de pessoas com score alto terem pedidos negados, enquanto pessoas com score baixo serem aprovadas. Mas, porque isso acontece? A resposta é simples: há outras variáveis que determinam a aprovação.

Uma delas é o endividamento da pessoa. Vamos imaginar que uma determinada pessoa tenha um bom score, mas já possua um grau de endividamento alto, isso pode comprometer a aprovação do cartão.

Até porque, o fator endividamento é uma variável que pesa bastante. Não só para o cartão de crédito, mas também para qualquer outro tipo de empréstimo ou até mesmo para financiamentos.

O Banco Central sugere às instituições bancárias que uma determinada pessoa não possa ter mais do que 30% da sua renda comprometida com parcelas de financiamento. Esse inclusive é um fator determinante para a aprovação do limite do cartão de crédito.

Por isso, acreditar que somente pelo fato de ter um score alto já garante a aprovação é um mito, em outras palavras, um ledo engano.

Leia também – Banco Original – As vantagens da conta corrente e cartão de crédito!

Quais são as outras ferramentas de análise para aprovação do cartão de crédito?

Como já antecipamos o score não é a única ferramenta de análise de um cartão de crédito. As instituições usam outras, sendo uma delas o Sistema de Informação de Crédito (SCR), que é acessado diretamente do Banco Central.

Desse modo, elas ficam sabendo se você já possui outros cartões de crédito, se usa cheque especial, se tem empréstimo no nome, entre outras informações pertinentes.

Tudo isso, aliado ao Score é levado em consideração no momento da aprovação ou não de um cartão de crédito. Pois, como já falamos, um bom pagador com um endividamento alto pode se tornar um mal pagador no dia de amanhã.

Um outro fator que também é levado em consideração pelos bancos e financeiras é o quanto o seu nome foi consultado nos últimos meses. Ou seja, se o seu nome foi consultado muitas vezes é preciso ligar o sinal de alerta.

Isso quer dizer que você está precisando de crédito na praça, mas está com dificuldades em conseguir. Portanto, é importante se atentar para essas inúmeras variáveis que podem bloquear o seu crédito.

Dívidas permanentes no histórico

Talvez você tenha ouvido falar em termos como “histórico de mal pagador”. Isso acontece normalmente porque as instituições financeiras sabem todo o seu histórico de pagamento, inclusive de dívidas que foram pagas ou caducaram.

Por isso, mesmo estando com o nome limpo é possível que em alguns casos o cartão de crédito não seja aprovado por esse motivo. Afinal, os bancos fazem uma análise de risco do cliente antes de aprovar o crédito.

Hoje, após a implantação do cadastro positivo é possível inclusive ver algumas dívidas antigas no CPF que já caducaram. No Serasa, essas dívidas geralmente possuem um bom desconto para serem quitadas.

Por isso, muitos especialistas acreditam que o cadastro positivo irá melhorar bastante o acesso ao crédito no país. Pois, ficará mais transparente sobre como uma determinada pessoa lida com o crédito.

Uma outra questão que é considerada é se você faz muitos pedidos de cartão de crédito. Os bancos também têm acesso a essa informação, e sabem somente pelo número do CPF quantas vezes o cliente buscou crédito na praça.

Essa é uma das razões pela qual não é bom sair pedindo cartão de crédito com bastante frequência, como já dissemos. Aliás, não só o cartão de crédito, mas também qualquer outro tipo de empréstimo.

Portanto, é preciso se atentar em todas essas questões caso queira ter um cartão de crédito aprovado no seu nome.

Se organize e administre bem suas dívidas

Por fim, um dos fatores mais importantes para que você consiga ter um cartão de crédito é se organizar para pagar suas contas em dia. Isso é o que vai garantir a você uma melhoria substancial no seu score de crédito.

Caso você esteja com dificuldade em conseguir um cartão de crédito, o ideal é ir movimentando uma conta em um banco para criar uma relação com a instituição. É por meio da movimentação bancária que o banco vai começando a entender um pouco mais sobre você.

Por exemplo, o banco vai saber se você realmente é um bom pagador, vai saber o quanto você costuma movimentar por mês, tudo isso vai ampliando o seu histórico junto ao banco.

Uma vez construído esse histórico, o banco pode em um primeiro momento liberar um limite de crédito não tão alto. Mas, se você for usando o cartão com responsabilidade, e pagando sempre a fatura integral, esse limite pode ir aumentando.

Portanto, são dicas como essas que você precisa seguir para ter um bom cartão de crédito, e sobretudo, conseguir aumentos no limite do seu cartão.

Como foi possível ver, o score é apenas um dos pontos que são considerados pelas instituições na aprovação do cartão de crédito. E você, o que acha disso? Deixe o seu comentário e sua sugestão para nós, e não esqueça de compartilhar essa notícia com seus amigos nas redes sociais.