Auxílio emergencial: confira calendário de pagamento da segunda parcela

O presidente da Caixa informou que o novo calendário de pagamento da segunda parcela será divulgado em breve. Continue a leitura para mais informações.

Publicidade
Publicidade

Auxílio emergencial

auxílio emergencial

Muita gente que estava contando com a segunda parcela do auxílio emergencial no final de abril foi surpreendido com a notícia de que ela não seria mais antecipada.

Estamos já no início do mês de maio e até o momento o governo federal ainda não divulgou quando será o calendário de pagamento da segunda parcela do benefício.

No entanto há uma boa notícia: Pedro Guimarães, presidente da Caixa informou que o novo calendário de pagamento da segunda parcela será divulgado sem falta na semana que vem, e que o pagamento deverá acontecer ainda este mês.

Não houve prorrogação da segunda parcela do auxílio emergencial

Apesar da demora, o governo garante que não houve prorrogação no pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial.

Publicidade

O que aconteceu é que a parcela que seria antecipada, não será mais. A princípio, o pagamento estava agendado para acontecer na semana passada, tanto para quem estava cadastrados no CadÚnico quanto para quem fez o cadastro no aplicativo da Caixa.

Publicidade

Ademais, ainda segundo o presidente da Caixa, a instituição está finalizando os últimos detalhes do pagamento da primeira parcela, para então determinar o calendário de pagamento da segunda.

Para tanto, haverá uma reunião com o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, para definir as datas de pagamento, sendo que é necessário a aprovação do presidente Jair Bolsonaro.


Veja também:


Pagamento acontecerá em datas diferentes

Para evitar as longas filas que foram vistas nas agências da Caixa Federal no pagamento da primeira parcela, o governo garante que desta vez os pagamentos acontecerão em datas diferentes.

Sendo assim, quem recebe o Bolsa Família irá receber o auxílio em uma data e quem fez o cadastro pelo aplicativo receberá em outra data.

Essa é uma medida que visa evitar aglomerações nas agências da Caixa. Pedro Guimarães, disse que o pagamento da segunda parcela levará em conta tudo o que está acontecendo agora.

A grosso modo, não há mais como os beneficiários do bolsa família e das poupanças sociais receberem no mesmo dia. No entanto, esse foi um mês para montar a base de dados.

Na próxima semana será montado e publicado o calendário do próximo pagamento, sendo que ele será bem simples porque a instituição já tem a base de dados de 50 milhões de pessoas.

Problemas para receber o auxílio emergencial serão sanados

Até o momento cerca de 50 milhões de pessoas já receberam o benefício, sendo que ainda existem 12,4 milhões de brasileiros com o cadastro inconclusivo.

Por não possuir informações precisas sobre essas pessoas, houve bastante problema no pagamento da primeira parcela.

Além disso, ⅓ dos solicitantes do benefício não possuíam conta bancária, o que agravou ainda mais a situação.

No entanto, segundo o presidente da Caixa, agora o banco já sabe quem é Bolsa Família, quem é Cadastro Único e quem é informal. Estes últimos irão receber de acordo com a data de nascimento.

Gostou deste artigo? Deixe o seu comentário, sua sugestão e compartilhe essa notícia com seus amigos nas redes sociais.