Transferência via Pix tem limite? Descubra aqui!

O sistema de pagamentos instantâneo Pix, criado pelo Banco Central do Brasil, pode ter limite de transferência em determinados bancos. Entenda a seguir.



Anúncios



Publicidade

Transferência via Pix tem limite?

Transferência via Pix tem limite? Descubra aqui!

O Pix, sistema de pagamentos instantâneo, criado pelo Banco Central do Brasil, pode ter limite de transferência em determinados bancos. Confira mais informações neste conteúdo.

Na verdade, os bancos podem determinar quanto é o limite do Pix diariamente, para seus clientes. Mas com limites mínimos estabelecidos pelo próprio Bacen.

Recentemente o Bacen determinou que o limite de transferência via Pix, não pode ser inferior a:

– 50% do limite de TED



Publicidade

– 100% das compras feitas por meio do cartão de débito



Anúncios

Além disso, embora o sistema Pix funcione de segunda a domingo, poderá ter limites diferentes em razão de:

– Horário

– Dia da semana

– Canal usado para operação

Vale lembrar que estes limites perduram desta forma até dia 28 de fevereiro, a partir do dia 1º de março, o limite mínimo para Pix é igual a:

– 100% do limite das transferências TED

– 100% do limite das compras no cartão de débito

– Podendo ainda haver distinções em relação ao horário, dia da semana e canal de operação.

O que os bancos estão dizendo sobre os limites do Pix?

A seguir você vai ver o que os bancos estão dizendo sobre o funcionamento do Pix nas suas instituições. 

Caixa Econômica Federal

A CEF informou que as transações do Pix em suas instituições não tem distinção de dia, mas apenas de horário. Os limites são:

– R$ 5 mil por dia, para operações feitas das 6h01 até às 22h;

– R$ 3,5 mil, nas operações que ocorrem das 22h01 até as 0h;

– Usuários do Caixa Tem possuem um único limite de R$ 1,2 mil independente do horário.

– R$ 1,5 mil, para quem fizer o Pix das 00h01 e 6h;

Banco do Brasil

No BB os limites são um pouco diferentes. Confira a seguir:

– 50% do limite estabelecido para TED, das 6h às 20h, nos dias úteis;

– Nos fins de semana e feriados (dias não úteis), o limite vai de R$ 1 mil até R$ 10 mil, dependo do público;

– A quantidade de transações é ilimitada, das 5h às 23h;

– Entre as 23h e as 5h, o limite de transações é cinco.


Veja também:


Bradesco

O Bradesco informou que estabeleceu os limites de acordo com normas do Banco Central, entre elas:

– Não há limite de quantidade de transações via Pix, independente do dia ou hora;

– Não há limite de valor de transferência via Pix, independente do dia ou hora.

Poderão ser estabelecidos limites de segurança, mas ele é individual e personalizado, além disso, é possível mudar através de uma conversa com o gerente.

Além da flexibilidade de limite de valor, e transações ilimitadas, o Banco do Bradesco ainda tem a facilidade de abertura de conta corrente através da internet. Além disso, conta com caixas eletrônicos espalhados por todo o país.

Santander

O Santander informa em sua página oficial sobre o Pix:

– Não existe limite de valor, número de transações, dias ou horários;

– Já está disponível e funciona de acordo com as regras do Bacen

– É gratuito para contas Pessoa Física

Interessante, não é mesmo? Além disso, uma conta corrente no Santander tem outras vantagens:

A abertura completamente online, feita pela internet de forma muito prática, além disso, se escolher o pacote “Especial, I ou II”, poderá terá:

– Isenção de mensalidade por três meses

– Depois deste período, a mensalidade poderá ser transformada em bônus de celular

Enfim, hoje neste conteúdo, você descobriu como funcionam os limites do Pix de forma geral e também como os grandes bancos do Brasil estão lidando com isto. Interessante, não é mesmo? Gostou das novidades e informações? Não deixe de compartilhar o conteúdo nas redes sociais! 😉