Uber aceita pagamentos via Pix? Descubra neste post!

O aplicativo de corridas Uber passou a aceitar uma nova modalidade de pagamento. Por meio do Uber Cash, o cliente pode pagar com a chave Pix. Saiba mais a seguir.



Anúncios



Publicidade

Uber aceita pagamentos via Pix

Pix

Desde o dia 16 de novembro, o Brasil passou a contar com um serviço revolucionário nos meios de pagamentos: o Pix.

A partir de então ficou bem mais fácil fazer transferências entre pessoas físicas e também pagamentos para empresas.

Esse é apenas o começo. Até porque o Pix promete ter uma série de novidades para o próximo ano e deverá se tornar um verdadeiro Open Banking até 2023.

Mas, em meio a tantas novidades, surge uma dúvida: é possível pagar o Uber via Pix? É sobre isso que vamos falar neste post.



Publicidade

Uber está aceitando pagamento via Pix?

Quem é usuário do Uber, pode comemorar. O aplicativo está aceitando tanto o pagamento de viagens quanto pedidos de comida via Pix.



Anúncios

A funcionalidade está disponível no aplicativo por meio do Uber cash para quem deseja pagar a corrida via Pix. Já no Uber Eats é possível pagar diretamente pela transferência digital.

Essa nova funcionalidade vai facilitar bastante a vida dos usuários do aplicativo, afinal ela pode ser usada a qualquer hora do dia, em qualquer dia da semana.

Afinal, o que é o Pix?

Para quem ainda não sabe, o Pix é a nova plataforma de pagamentos e recebimentos do Banco Central que começou a funcionar no último 16 de novembro.

Por meio dessa plataforma, agora é possível fazer transferências para qualquer pessoa ou empresa em qualquer horário do dia.

Não importa se é manhã, tarde, noite ou madrugada. Nem tampouco se é segunda-feira, sábado, domingo ou feriado.

As transações do Pix poderão ser feitas a qualquer momento de maneira simples. Pois, basta apenas informar a chave do Pix para realizar a transação.


Veja também:


E o que é a chave do Pix?

A chave do Pix é um código identificador que precisa ser informado para fazer o pagamento. Essa chave precisa ser cadastrada no banco onde você possui conta.

Por exemplo, se você tem uma conta no Santander, pode cadastrar a sua chave Pix por lá, e qualquer transferência feita para você, será creditada nesta conta.

A chave do Pix pode ser o número do CPF, celular, CNPJ, e-mail, ou até mesmo um número aleatório fornecido pelo próprio Banco Central.

Se você tem mais de uma conta, poderá cadastrar uma chave diferente para cada uma. O que não pode é cadastrar a mesma chave para duas contas diferentes.

A grande facilidade é que na hora de transferir dinheiro, você não precisa mais informar um monte de dados bancários. Basta apenas informar a chave do Pix e pronto. A transferência está feita.

Nasce um novo mundo…

Com o lançamento do Pix, estamos vendo nascer um novo mundo. Tudo ficará mais simples e bem mais prático daqui para frente.

Afinal, saques, transferências, pagamentos serão bem mais democráticos sem custo para as pessoas.

Isso vai ajudar muita gente no controle financeiro e também no momento de pagar suas compras. Inclusive, há quem diga que as maquininhas de cartão estão com os dias contados.

Pois, assim como o Uber, praticamente todas as empresas passarão a usar o Pix para receber. Seja por meio de link ou até mesmo pelo QR Code.

Quer queira, quer não, isso vai trazer mais segurança, diminuir roubos e também golpes tão comuns envolvendo boletos bancários.

Por isso, bancos como Santander, Bradesco, Itaú, Nubank, entre outros, estão apostando todas as suas fichas nessa plataforma do BC.

Gostou deste artigo? Então não deixe de compartilhá-lo com seus amigos nas redes sociais.