Velox: conheça a criptomoeda que promete revolucionar o e-commerce

Com o objetivo de revolucionar o e-commerce, a Velox chega ao mercado para ser a criptomoeda pioneira na realização de compras e vendas dentro do setor, gerando mais rapidez e segurança nas transações.

Velox

Velox

O que já vinha sendo apontado como tendência tornou-se realidade com a chegada da pandemia. O comércio eletrônico teve um crescimento bastante expressivo nos últimos anos, e com ele as inovações dentro do setor.

Uma delas é a CryptoVelox que pretende transformar o mercado. Como? Por meio de uma criptomoeda própria chamada Velox. Apesar do segmento já ser bastante desenvolvido com moeda fiduciária como real, euro e dólar, ainda há um grande gargalo.

Afinal, o sistema lento das moedas tradicionais acabam por deixar os lojistas com o cabelo em pé. Inclusive, pagamentos com o cartão de crédito podem se tornar uma verdadeira dor de cabeça pelas altas taxas e cancelamentos de pagamentos.

CARTÃO BANCO PAN
CARTÃO DE CRÉDITO

CARTÃO BANCO PAN

CASHBACK
 
MILHAS E VIAGENS
Use mais, pague menos e controle tudo pelo App!
Você permanecerá no site atual

Como vai funcionar a CryptoVelox?

A CryptoVelox vem com o objetivo de se tornar o meio de troca dentro do e-commerce. Afinal, a tecnologia blockchain permite a realização de pagamentos imutáveis e a baixo custo, eliminando a necessidade de instituições centralizadas como Visa e Mastercard.

Sendo assim, a intenção da empresa é se tornar a maior rede de compra e venda de mercadoria com criptomoedas, segundo o white paper do projeto. No entanto, apesar da ousadia, há outras concorrentes no mercado.

Porém, o fato é que as criptomoedas estão surgindo como uma boa opção para as transações feitas online. Inclusive, no caso das vendas internacionais, o processo via moeda fiduciária é muito mais custoso e lento.

Para ter uma ideia, segundo a CryptoVelox, as taxas de transações com o criptoativo serão de aproximadamente 1,99%. Essa taxa é menor do que os 3-5% cobrados pelas empresas do mercado financeiro tradicional.


Veja também:


Vantagens para os lojistas

Para os comerciantes online essa pode ser uma boa oportunidade para aumentar a base de clientes. Até porque, um estudo feito pela Bitpay no ano passado mostrou que a maioria dos vendedores que aceitam criptomoedas conseguem aumentar as suas vendas.

Fora isso, as criptomoedas também são responsáveis por garantir uma maior fidelização dos clientes para a loja. Um dos pontos positivos é que a impossibilidade de reverter transações reduz consideravelmente o número de fraudes nas compras online.

De acordo com o Banco Pan, no primeiro semestre de 2021, as tentativas de fraudes nas compras online cresceram 32% em relação a 2020, o que corresponde a R$ 2,6 bilhões. Portanto, esse é um problema que pode ser resolvido com a Velox.

Além disso, a cada venda que for feita de produto, será queimado 2% das moedas, o que a tornará mais valiosa com o tempo. Além disso, 1% é destinado para titulares em todas as taxas, sejam elas compra e venda de transferências.

O avanço das criptomoedas no mercado

As criptomoedas estão avançando bastante nos últimos anos. Inclusive, o Bitcoin que é a principal delas teve uma valorização abrupta no último ano. Projetos como o Ethereum, Cardano e Solana também apresentaram expressivos crescimentos.

Apesar de alguns países como a China estarem em uma guerra constante para tentar suprimir o crescimento dos criptoativos, eles não deverão parar de crescer, uma vez que representam a liberdade das finanças.

Até porque, por se tratar de algo descentralizado, não estão sujeitos às intempéries da macroeconomia, e a sua valorização e desvalorização segue apenas a lei natural de oferta e procura.

A regulamentação do setor é importante para garantir um pouco mais de segurança para os investidores. Contudo, querer coibir uma das tecnologias mais avançadas do mundo como o blockchain, é praticamente estar na idade média e lutar contra a chegada da eletricidade.

Gostou deste artigo? Então não deixe de compartilhar com todos os seus amigos e parentes nas suas redes sociais e nos ajude a disseminar o conhecimento.