Você não precisa ser pão duro para poupar. Entenda a diferença!

Poupar dinheiro é a melhor maneira de prosperar e realizar seus desejos de consumo, mas poupar dinheiro não significa ser o famoso "pão duro". Entenda o motivo.

Sobre poupar

Você, sem dúvidas, já ouviu a expressão “pão duro”, não é mesmo? Porém, para poupar, você não precisa ser “mesquinho” – basta usar o recurso de poupar com inteligência e equilíbrio. Vamos entender mais como funciona essa dinâmica?

Qual é a diferença entre poupar e ser “pão duro”?

O bom poupador não é aquele que não compra nada: esse é o papel do “pão duro”, que coloca o dinheiro em primeiro lugar e vive para acumular cada vez mais dinheiro.

O poupador entende a necessidade de poupar para comprar bens de consumo que vão melhorar sua qualidade de vida. Ele sabe diferenciar bem o que é um gasto necessário e o que é um gasto desnecessário.

Credicard
CARTÃO DE CRÉDITO

Credicard

FÁCIL ACEITAÇÃO
 
SEM ANUIDADE
Sem anuidade e taxas de manutenção!
Você permanecerá no site atual

O “pão duro” deixa de gastar até com o que lhe é necessário ou que vai lhe proporcionar uma melhoria no dia-a-dia. Seu único objetivo é cada vez mais acumular mais e mais dinheiro.

O poupador tem seus objetivos de vida e de consumo bem definidos, o que os permite ter muito claro em sua mente o que é necessário para atingir o seu objetivo, fazendo assim o caminho ser mais rápido e fácil.

Exemplo no mercado

O bom poupador economiza se programando, pesquisando ofertas ou o mercado mais barato, já o “pão duro” se preocupa apenas com o dinheiro e pode fazer a opção menos higiênica como comprar um produto vencido por estar mais barato e assim ficar doente, o que vai lhe causar mais problemas e que, na verdade, não parece muito inteligente, não é mesmo?

Exemplo em compra de carros

Uma pessoa poupadora pode optar por um carro usado ou um carro novo com poucos utensílios sem ser o chamado “completão”, para poupar mais um dinheirinho e apenas ir em busca dos utensílios que realmente são necessários.

Já o “pão duro” muitas vezes pode usar um carro mais velho e ainda cheio de gambiarras, como prender o porta malas com uma corda ou usando um pára-brisa rachado, somente na visão de poupar dinheiro, o que pode também influenciar na sua segurança e causar acidentes.

Economia de Energia 

A energia é um dos maiores gastos da população: em vista disso, muitos poupadores buscam economizar ao desligar as luzes à noite ou usar os utensílios elétricos somente quando necessário, além de tomar banhos mais curtos e outras práticas.

O “pão duro”, por pensar apenas no gasto, pode deixar sua vida mais desconfortável, muitas vezes evitando de usar um aquecedor em noites frias ou até mesmo de usar um ventilador em dias mais quentes.

Veja também:

Seja um poupador, mas não um “pão duro”

O “pão duro” dificulta sua qualidade de vida por ser muito ficcionado em ter dinheiro a todo custo, e por isso, seu estilo de vida não é saudável e as dificuldades são maiores.

Um bom poupador sabe onde está poupando dinheiro, se planeja para atingir seus objetivos de vida, sabe onde quer chegar e como vai chegar, e entende que o fato de poupar é apenas um meio para atingir seu sonho e sua felicidade.

E você, se considera um “poupador” ou um “pão duro”? Esperamos que esse conteúdo tenha te ajudado! E se te ajudou, ajude-nos compartilhando-o com seus amigos e familiares.