Bradesco usa WhatsApp para avisar transações suspeitas do cartão de crédito

Bradesco começará a utilizar o WhatsApp para avisar clientes sobre possíveis transações fraudulentas.

Bradesco

Há cada vez mais tipos de golpes e fraudes acontecendo por meio das redes sociais, principalmente pelo WhatsApp. Por isso, segurança nunca é demais. Qualquer camada a mais é sempre muito válida.

E se essa camada adicional de segurança trouxer benefícios, melhor ainda para os usuários. A partir de agora, os clientes do Bradesco receberão uma mensagem pelo WhatsApp em caso de transações suspeitas.

Quer entender melhor como funciona a tecnologia do banco, e como fazer para receber os avisos por meio de uma das redes de comunicação mais utilizadas do mundo? Confira na matéria a seguir.

CARTÃO DE CRÉDITO BRADESCO
CARTÃO DE CRÉDITO

CARTÃO DE CRÉDITO BRADESCO

FÁCIL ACEITAÇÃO
 
INTERNACIONAL
Abra sua conta e aproveite todos os benefícios
Você permanecerá no site atual

Bradesco avisará clientes sobre transações fraudulentas

Além de o Bradesco avisar os clientes sobre possíveis transações fraudulentas, o WhatsApp também vai servir para que o próprio cliente possa recusar ou aprovar as transações. 

A novidade do banco vai recorrer à Bia, a inteligência artificial do Branco Bradesco. Essa tecnologia vai identificar padrões de compras que não sejam compatíveis com o perfil e nem com o histórico do cliente. Até agora, essas confirmações eram feitas apenas por SMS e atendimento telefônico.

A partir de agora, os clientes também vão receber o aviso pelo WhatsApp, adicionando essa camada de segurança e permitindo que o próprio cliente decida se deve prosseguir ou não com a transação.

As mensagens serão enviadas com os dizeres: “Você reconhece essa compra”?. E o cliente terá a opção de responder “sim” ou “não”. Caso o cliente reconheça a compra, ela é liberada e a transação será concluída imediatamente. Caso clique em não, o cartão será bloqueado no mesmo momento.

O ideal é que o cliente salve o número da Bia na agenda do celular para não cair em nenhuma tentativa de golpe. O número é: +55 11 3335-0237.

Como se proteger contra golpes?

Outra dica para se proteger contra os golpes é sempre verificar se o perfil do WhatsApp tem um símbolo de selo de verificação. Isso dará uma segurança maior de que as mensagens estão sendo enviadas por meio de um canal autêntico. Como você deve saber, golpistas sempre dão um jeito de fazer um perfil parecer o mais próximo possível do oficial.

O Bradesco não é o único banco que está adotando WhatsApp como um canal de comunicação para avisar sobre transações suspeitas. Desde março de 2020 2, o Itaú também já está fazendo isso para as linhas de cartões Itaucard, Magalu, Hipercard e Credicard, sendo que o próprio cliente ativa esse recurso no aplicativo do banco dentro da seção “ajuda” ou então enviando uma mensagem para os números oficiais do banco.

As outras instituições bancárias por enquanto estão utilizando o WhatsApp apenas para outras funções. Por exemplo, o Banco do Brasil utiliza o WhatsApp para enviar saldo, extrato ou então confirmação do pagamento de IPVA. Já a Caixa está utilizando o WhatsApp para enviar informações sobre o auxílio emergencial. Aos poucos, é provável que os outros bancos também adotem o WhatsApp para adicionar uma camada de segurança quando o assunto é transação suspeita.

Além disso, é importante saber que o Bradesco nunca vai pedir para o cliente por meio do WhatsApp informações pessoais e dados como número do cartão, o código de segurança de 3 dígitos ou CPF. Portanto, se algum contato enviar para você uma solicitação pedindo esses dados de segurança, tome muito cuidado porque muito provavelmente trata-se de um golpe. Denuncie o número para o WhatsApp, abra um boletim de ocorrência e não envie nenhum dado pessoal.

Gostou de saber mais sobre as atualizações do Banco Bradesco em relação à segurança para os próprios clientes? Então aproveite para compartilhar esse conteúdo em suas redes sociais e ajude-nos a divulgar esse tipo de informação para mais pessoas.