Cai o número de inadimplentes pelo segundo mês consecutivo, aponta a Serasa

De acordo com o estudo “Mapa inadimplência e renegociação de dívidas no Brasil” feito mensalmente pela Serasa, houve pelo segundo mês consecutivo queda no número de inadimplentes no país.

Inadimplência

Serasa

Mensalmente a Serasa divulga um estudo sobre o cenário de endividamento no país. E a segunda edição desse estudo chamado de “Mapa inadimplência e renegociação de dívidas no Brasil” traz boas notícias para todos.

Afinal, pelo segundo mês consecutivo foi observado uma queda no número de inadimplentes. Para se ter uma ideia, na comparação com o mesmo período do ano anterior houve uma diminuição de 3% na inadimplência.

Nessa mesma direção de queda, o valor total das dívidas caiu para R$ 245,9 bi, o que representa uma média de R$ 3.934,38 por pessoa e R$ 1.163,52 por dívida. Quer saber mais sobre esse cenário? Então vem com a gente neste artigo.

CARTÃO PAGBANK
CARTÃO DA CONTA DIGITAL

CARTÃO PAGBANK

SEM ANUIDADE
 
FÁCIL ACEITAÇÃO
Um cartão como nenhum outro!
Você permanecerá no site atual

Número de inadimplentes cai pelo segundo mês consecutivo

Conforme aponta o estudo da Serasa, esse é o segundo mês consecutivo em que houve queda no número de inadimplentes no Brasil. O valor total das dívidas, conforme antecipamos, caiu para R$ 245,9 bilhões.

As maiores dívidas ainda são com cartão de crédito e banco, seguidas de varejo e utilities. Inclusive, este último teve um aumento comparado ao mês anterior. São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais ainda permanecem como os Estados onde há mais devedores.

No entanto, foram nesses estados que também houve a maior concentração de dívidas renegociadas no Feirão Limpa Nome que é a maior plataforma de negociação de dívidas do país. Ao todo, mais de R$ 3 bilhões foram concedidos em descontos nos acordos firmados em junho.


Veja também:


Serasa busca auxiliar o consumidor na educação financeira

Nathalia Dirani, gerente de marketing da Serasa, diz que o objetivo da empresa é tornar a vida dos usuários mais saudável e para isso ela busca entender como está o momento atual dos consumidores e do mercado.

Por conta disso, a Serasa vem mês a mês fazendo esse levantamento. Inclusive, no estudo realizado em junho, foi observado que as dívidas no segmento de utilities apresentaram um dos maiores crescimentos em representatividade nos últimos 12 meses.

“Outro dado interessante que percebemos no levantamento, é que quando analisamos os perfis dos inadimplentes no Brasil, a divisão entre gêneros é praticamente igual entre mulheres (50,1%) e homens (49,9%), mas esse número não se mantém entre aqueles que fecharam algum acordo para a negociação de dívidas em junho, quando mais mulheres pagaram suas dívidas (54%)”, explica Dirani.

Isso mostra que as mulheres estão buscando mais a organização financeira e sua própria independência, e por isso são maioria quando o assunto é renegociação de dívidas. E por meio da plataforma da Serasa elas conseguem essa renegociação com desconto.

Descontos em dívidas até o final do mês

Para quem está procurando organizar as finanças e se livrar das dívidas, a Serasa Limpa Nome está oferecendo descontos incríveis até o final do mês de agosto. Inclusive, algumas dívidas podem ser quitadas com apenas R$ 100.

Só para ilustrar, essa campanha permitiu que mais de seis milhões de dívidas fossem quitadas em 2020. Para se ter uma ideia, cerca de 1 milhão de brasileiros foram beneficiados neste ano com aproximadamente R$ 12 bilhões em descontos em mais de 14 milhões de dívidas renegociadas nos 24 parceiros da instituição.

Por conta do momento que estamos passando, a Serasa aconselha que as dívidas sejam renegociadas pelos canais digitais. Ou seja, pelo próprio site ou então pelo App que está disponível tanto no Play Store quanto na Apple Store.

Dentro do site ou aplicativo é possível ver as dívidas que estão com desconto, clicar em cima delas e fazer a negociação. Uma vez com a negociação feita, em até 5 dias úteis o seu nome estará limpo.

Gostou deste artigo? Então não deixe de compartilhar com todos os seus amigos e parentes nas suas redes sociais e nos ajude a disseminar o conhecimento.