domingo, maio 19, 2024

E-commerce no Brasil bateu recorde de vendas no primeiro semestre de 2021

Share

Crescimento do e-commerce

crescimento e-commerce

No primeiro semestre de 2021 o e-commerce bateu recorde de vendas no Brasil, atingindo o valor de R$ 53,4 bilhões. O crescimento foi de 31% em relação ao mesmo período do ano passado, representando uma alta bastante significativa.

Os dados foram apresentados durante a 44ª edição do Webshoppers, que é o mais amplo relatório sobre comércio eletrônico do país, elaborado pela Ebit | Nielsen que foi divulgado recentemente. E algumas questões chamaram a atenção.

Uma delas diz respeito ao crescimento no número de pequenos e médios e-commerces que foram criados durante a pandemia. Eles ajudaram a impulsionar o crescimento do setor que deverá ser ainda maior daqui para frente.

CARTÃO SAMSUNG ITAUCARD
CARTÃO DE CRÉDITO

CARTÃO SAMSUNG ITAUCARD

SEM ANUIDADE
 
RECOMPENSAS
Um cartão para os amantes de tecnologia!
Você permanecerá no site atual

Recorde de vendas no primeiro semestre de 2021

Conforme antecipamos, o e-commerce bateu recorde de vendas no primeiro semestre deste ano. O crescimento de 31% do setor foi impulsionado principalmente pelos pequenos e médios comerciantes que ingressaram no setor.

Dentre os segmentos que mais tiveram aumento nas vendas estão os itens de artigos religiosos, brindes promocionais e sex shop que cresceram 163,04%, 153,42% e 146,53% respectivamente.

Um outro dado bastante interessante foi que as datas do varejo com maior volume de vendas no primeiro semestre foram dia do consumidor e dia dos namorados que venderam mais do que o dia das mães.

Alguns estados se destacaram nesse crescimento, com destaque para a Paraíba que apresentou um aumento de 63,42% nas vendas neste primeiro semestre. Na sequência vieram Santa Catarina (61,88%), Paraná (55%), Maranhão (54,68%) e Bahia (53,90%).


Veja também:


Alguns setores se destacaram nesses 6 primeiros meses

Além dos estados que apresentaram um crescimento bastante expressivo nesse início de ano, alguns setores também se destacam. Dentre eles está a venda de artigos religiosos que cresceu aproximadamente 163,04%.

O setor de brindes promocionais veio na sequência com um crescimento de 153,42% seguido de sex shop que apresentou um crescimento de 146,53% nos seis primeiros meses deste ano. Em quarto lugar ficou o setor de papelaria e escritório com 131,33%.

Pedro Henrique Freitas, CEO da Loja Integradas que é uma plataforma que oferece recursos para a criação de lojas virtuais de maneira prática e intuitiva, diz que mesmo com a gradativa abertura do comércio, o e-commerce continuou batendo recordes.

Na visão de Freitas, a pandemia ainda exerce uma grande influência sobre alguns setores que dependem de um relacionamento presencial com o público. No entanto, ele destaca que o trabalho home-office tem potencializado a venda online de material de escritório, o que é bastante positivo para o micro e pequeno empreendedor, já que grande parte deles atua nessa área.

Crescimento deverá ser ainda maior

A pandemia veio acelerar uma tendência que já estava em curso, que é a venda por meio de e-commerces. Além disso, os próprios marketplaces já estão registrando um crescimento bastante acelerado das vendas.

“É interessante observar que, enquanto as vendas online se popularizam no país, e-commerces cada vez mais distantes dos grandes centros surgem com ótimos resultados. Isso mostra não só que o crescimento do comércio eletrônico tem estimulado o empreendedorismo no Brasil, mas também que temos conseguido dar a nossa contribuição para que isso aconteça. Exercer esse papel é, sem dúvida, o que nos mantém energizados e confiantes pelo futuro do País”, conclui Freitas.

Vale destacar que a Loja Integrada já tem mais de 2 milhões de lojas criadas, sendo que a empresa se tornou uma das maiores plataformas gratuitas da América Latina e a mais popular do Brasil.

Gostou deste artigo? Então não deixe de compartilhar com todos os seus amigos e parentes nas suas redes sociais e nos ajude a disseminar o conhecimento.

José Carlos Sanchez Júnior
José Carlos Sanchez Júnior
José Carlos é escritor e redator com formação acadêmica em Administração de Empresas e MBA em Gestão Financeira Controladoria e Auditoria formado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Read more

Local News