Educação Financeira: Cuidados para não perder o controle do cartão de crédito!

Ter um cartão de crédito exige muito cuidado no nosso dia a dia, afinal, ele pode ser um aliado ou vilão, dependendo da maneira como nós fazemos uso dele. Até porque os juros do rotativo do cartão são os mais altos do mercado.



Anúncios



Publicidade

Cartão de crédito

Educação financeira

O cartão de crédito pode ser um importante aliado do nosso dia a dia. Mas também pode se tornar um verdadeiro vilão. Por isso, a educação financeira e a organização do orçamento doméstico são tão importantes.

Em resumo, o cartão de crédito te dá um limite para você gastar no mês e poder ganhar um prazo para pagamento. Ao pagar corretamente a fatura, você praticamente não tem custo nenhum, ainda mais se o cartão for sem anuidade.

Por outro lado, se você não se organizar financeiramente, não conseguirá pagar a fatura do cartão, e é aí que mora o perigo. Afinal, os juros do rotativo do cartão de crédito são os mais agressivos do mercado, podendo triplicar o valor da dívida em questão de 1 ano.

CARTÃO BANCO PAN
CARTÃO DE CRÉDITO

CARTÃO BANCO PAN

MILHAS E VIAGENS
 
CASHBACK
Use mais, pague menos e controle tudo pelo App!
Você permanecerá no site atual

Não deixe o valor da fatura ultrapassar 30% dos seus ganhos

Para você conseguir manter o controle do cartão, tente não deixar o valor da fatura ultrapassar 30% dos seus ganhos. Sendo assim, se você ganha R$ 3 mil por mês, faça com que o cartão não ultrapasse os R$ 900.



Publicidade

Caso aconteça algum imprevisto, você estará mais seguro dessa forma, deixando 70% do seu ordenado para compras à vista. Com o crescimento tecnológico ficou ainda mais fácil manter esse controle.



Anúncios

Afinal, você pode acompanhar os seus gastos por um app em tempo real. Hoje em dia, praticamente todas as emissoras de cartão já disponibilizam um aplicativo para acompanhar os gastos do cartão de crédito mensalmente.


Veja também:


Sempre pague o valor integral da fatura

Esse é um dos cuidados mais importantes que você precisa ter. Em hipótese alguma deixe de pagar o valor integral da fatura. Pois, os juros do cartão de crédito são bastante agressivos, e vão fazer a sua dívida crescer muito rápido.

Se você ver que não conseguirá pagar o valor integral em algum mês, tome um empréstimo pessoal parcelado e pague a fatura. Essa é uma das melhores maneiras de você se organizar financeiramente.

Caso você não consiga um empréstimo pessoal, uma outra forma de evitar que os juros te prejudiquem tanto é parcelando a fatura. Mesmo que você fique sem limite por um tempo, a taxa de juros vai ser bem menos agressiva. Pode acreditar.

Cuidado com a quantidade de parcelamentos

O parcelamento do cartão de crédito é muito bom para nos ajudar a sair de algum imprevisto ou até mesmo realizar alguns sonhos como comprar um eletrodoméstico novo ou fazer uma viagem, por exemplo.

No entanto, é preciso tomar muito cuidado para não se perder com a quantidade de parcelas. Pense o seguinte: quando você assume uma prestação, acaba pensando “a parcela é pequena, não vai prejudicar”.

Nesse caso, imagine uma prestação cujo valor da parcela seja de R$ 100. Pode parecer baixo, mas se você entrar em 10 prestações com parcelas de R$ 100, terá R$ 1 mil para pagar no mês, o que é alto.

Esse é um dos maiores problemas em relação ao parcelamento da fatura. Por isso, sempre é importante evitar o parcelamento. Ou então, esperar acabar um parcelamento para depois assumir outro. Assim, você mantém sua vida mais controlada.

Evite emprestar o cartão de crédito

É comum que muita gente sem cartão peça ele emprestado para você. Às vezes a gente não consegue falar não, mas esse é um grande erro. Ao emprestar o seu cartão para uma pessoa e ela não pagar, quem fica com o prejuízo é você.

Por isso, para evitar contratempos, evite emprestar o seu cartão de crédito para as pessoas. Tente dar alguma desculpa. Ou então, se assim o fizer, avalie se o valor que a pessoa gastar não vai te prejudicar no mês, caso ela se atrapalhe.

Gostou deste artigo? Então não deixe de compartilhar com todos os seus amigos e parentes nas suas redes sociais e nos ajude a disseminar o conhecimento.