Fintechs de Criptoativos chegam ao Brasil trazendo novidades!

Com o objetivo de trazer mais novidades e modernização para o setor de criptomoedas no Brasil, dois grandes players do mercado deverão desembarcar em breve por aqui. Trata-se da Easy Crypto e da Mercuryo.

Criptoativos

criptoativos

Duas grandes fintechs internacionais ligadas ao setor de criptoativos anunciaram na última semana que pretendem desembarcar em breve no Brasil, prometendo movimentar ainda mais o segmento no país.

Uma delas é a Easy Crypto, que é a maior Exchange da Nova Zelândia. Ela deverá chegar ao país ainda nesta semana depois de marcar presença também na Austrália, Nigéria e África do Sul. 

Fundada em 2018, a fintech passou por um longo período de testes no Brasil antes de iniciar as suas operações no país. Quer saber um pouco mais sobre essas novas fintechs que estão chegando por aqui? Vem com a gente.

CARTÃO NEXT
CARTÃO DE CRÉDITO

CARTÃO NEXT

SEM ANUIDADE
 
CASHBACK
Um cartão de crédito como nenhum outro!
Você permanecerá no site atual

Chegada de grandes players no setor de criptoativos

A chegada de grandes players no setor de criptoativos é vista com bons olhos pelos usuários. Afinal, eles terão mais opções de ativos digitais para investir. André Sprone, Diretor da Easy Crypto Brasil disse que muitas exchanges internacionais têm seus olhos no Brasil de alguma forma.

Ele inclusive destacou que aqui há um mercado gigantesco e ainda pouco explorado aqui. Afinal, grande parte dos brasileiros desconhecem os criptoativos, embora essa realidade esteja mudando de maneira muito rápida.

O executivo ainda disse que a Easy Crypto Brasil deverá se adaptar ao mercado brasileiro que tem suas próprias particularidades. Ele destaca que esse é um mercado muito específico e não há como replicar aqui o modelo usado em outros lugares.

Até porque, alguns hábitos e tecnologias locais como o próprio PIX mudam completamente a forma como a exchange deve atender os seus clientes com o intuito de oferecer a melhor experiência possível.

“Ter um time local que vive o dia a dia do Brasil é muito importante. Nos preparamos para mostrar que, apesar das origens internacionais, o compromisso da Easy Crypto Brasil é com os brasileiros”, esclarece André Sprone.


Veja também:


Fintech chega para rivalizar com Mercado Bitcoin

A Easy Crypto chega ao país para rivalizar com grandes players do setor que já estão estabelecidas por aqui. Uma delas é o Mercado Bitcoin, startup brasileira e o primeiro unicórnio do setor de criptomoedas do Brasil.

Além dela, estão presentes aqui as chinesas Binance e NovaDAX, além da mexicana Bitso e das brasileiras Bitcoin Trade e Foxbit. Também estão no mercado brasileiro algumas outras exchanges de menor expressão.

No entanto, não são só as exchanges que estão chegando ao Brasil. Empresas de soluções de pagamentos como a Mercuryo também deverão desembarcar por aqui como solução de câmbio para criptomoedas.

Foco principal da Mercuryo será no setor B2B

O foco principal da Mercuryo será o setor B2B, sendo que a ferramenta oferecida se integra diretamente ao site ou aplicativo das empresas. O Brasil vai, inclusive, representar o início das operações da empresa na América Latina.

A companhia chega ao país para oferecer soluções de transferência de moeda corrente para criptomoedas às empresas locais, sendo que as ferramentas da Mercuryo para o mercado de criptomoedas permitem aos negócios integrar o “widget” de forma simples.

Isso vai proporcionar aos clientes realizarem compras de cripto com moeda corrente, assim como vender criptos e receber a moeda de interesse, incluindo o Real. Um dos pontos interessantes é que as empresas brasileiras poderão trabalhar com criptomoedas como forma de pagamento de seus produtos e serviços.

Atualmente, a empresa tem mais de 1,4 milhão de usuários em todo o mundo  que usam os produtos B2C e B2B2C através de 200 parceiros B2B que empregam as suas soluções. E a escolha do Brasil não foi à toa. Até porque, os países latino-americanos estão entre os 20 maiores em termos de adoção de moedas digitais em 2021.

Gostou deste artigo? Então não deixe de compartilhar com todos os seus amigos e parentes nas suas redes sociais e nos ajude a disseminar o conhecimento.