Governo pode liberar 13º salário de R$ 600 aos beneficiários do Auxílio Brasil. Entenda!

Governo Federal discute nova PL para liberar 13o salário para famílias contempladas pelo Auxílio Brasil. Entenda mais!

Auxílio Brasil

Desde o início da pandemia, milhões de famílias brasileiras foram beneficiadas com um programa de auxílio do governo. Como a população não pôde sair de casa por um bom período de tempo, fez-se mais do que necessário o auxílio para que as famílias pudessem manter um mínimo de sustento em casa.

Embora as coisas já estejam voltando ao normal, a catástrofe econômica gerada vai levar um bom tempo até que possa se reequilibrar novamente. Por esse motivo, um novo projeto de lei foi apresentado para que as famílias possam se beneficiar com um 13o salário.

Quer entender mais sobre o projeto, quem pode participar e quais serão os valores concedidos às famílias? Acompanhe as notícias a seguir!

CARTÃO DE CRÉDITO PAGBANK
CARTÃO DE CRÉDITO

CARTÃO DE CRÉDITO PAGBANK

SEM ANUIDADE
 
INTERNACIONAL
Um cartão de fácil aceitação e recarregável!
Você permanecerá no site atual

13o salário em forma de benefício: do que se trata o projeto?

O novo Projeto de Lei 625/2022 foi criado pelo senador Alexandre Silveira do PSD-MG. A ideia é que famílias possam receber um 13o salário, mas apenas aquelas que já recebem o Auxílio Brasil. O objetivo é que essas famílias recebam um salário a mais para substituir o programa Bolsa Família.

Todas as famílias que ainda recebem o Auxílio Brasil devem ser contempladas com parcelas de R$ 400 mensais até o final do ano. Inclusive, essas parcelas podem ser acrescidas com valores extras que podem chegar a até R$ 1.000,00.

Entenda mais sobre o projeto de lei

A nova PL apresentada pelo senador Alexandre Silveira tem como objetivo aumentar em R$ 400,00 as parcelas já recebidas por meio do Auxílio Brasil. O objetivo é que esse valor seja dividido em duas parcelas iguais de R$ 200,00, e seja acrescido à parcela de R$ 400,00 paga todos os meses. 

Caso o novo projeto de lei seja aprovado, o fluxo de pagamento será o seguinte:

  • Em junho, as famílias receberão um total de R$ 600,00, sendo uma parcela fixa de R$ 400,00 + o acréscimo de R$ 200,00;
  • Em dezembro, também receberão o mesmo valor, sendo uma parcela fixa de R$ 400,00 e mais os R$ 200,00.

Segundo o senador, esse projeto de lei para que haja um décimo terceiro salário do Bolsa Família deve ajudar a combater a miséria no país, já que representa um valor de 10% no total recebido atualmente. 

Até o presente momento, não há uma previsão de aprovação para o 13o salário do
Auxílio Brasil. As famílias que já fazem parte do programa continuam recebendo normalmente o valor fixo de R$ 400,00 mensais pelo menos até dezembro de 2022, embora não haja previsão para o término do programa.

Espera-se que ao longo dos próximos meses, haja uma votação para que o benefício seja aprovado. Mesmo assim, ainda que seja aprovado, a proposta deverá ser sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Até o momento, bilhões de reais já foram destinados aos programas de auxílio para famílias que ficaram desamparadas durante a pandemia, mas é necessário que tanto o governo federal quanto os governos estaduais tomem medidas realmente eficientes para combater a pobreza do país, como investir em mais educação.

Alguns meses atrás, em nota, o governo federal solicitou que pessoas que receberam o auxílio e não precisam mais do dinheiro por terem conseguido um emprego deveriam devolver o dinheiro por meio da página oficial do Governo Federal. Inclusive, o valor deve ser declarado no Imposto de Renda de 2022, caso o beneficiário tenha recebido pelo menos uma parcela em 2021.

Gostou de saber mais sobre o novo Projeto de Lei que visa auxiliar as famílias que fazem parte do programa Auxílio Brasil? Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais e ajude-nos a disseminar informações importantes como essas. Você pode ajudar mais pessoas simplesmente compartilhando!