Addi quer substituir o cartão de crédito com empréstimo sem garantia!

Com uma nova proposta de crediário digital, a Addi está chegando ao mercado brasileiro com uma proposta inusitada: substituir o cartão de crédito emprestando dinheiro sem garantia em poucos minutos.



Anúncios



Publicidade

Addi

addi

Crediário digital. É isso que a Addi, uma fintech colombiana, criou como forma de substituir o cartão de crédito. Muitos investidores parecem acreditar na ideia. Tanto é, que a startup, captou R$ 350 milhões para isso na sua última rodada de negócios.

A empresa, que foi fundada no ano de 2019 na Colômbia, acabou de captar R$ 350 milhões em uma rodada de investimentos que combina equity e dívida. Parte desses recursos virão para a operação brasileira que foi inaugurada em março deste ano.

O pacote foi liderado pela Union Square Ventures, e teve a participação da 8VC, Citius Capital, Endeavor Catalyst, dentre outras empresas. Essa já é a sétima rodada de investimentos que a Addi levantou. No total, a empresa já recebeu um aporte de R$ 516,9 milhões.

CARTÃO SUPERDIGITAL
CARTÃO DE CRÉDITO

CARTÃO SUPERDIGITAL

NEGATIVADO
 
SEM ANUIDADE
O cartão perfeito para quem está negativado!
Você permanecerá no site atual

Oferecer crédito fácil para os brasileiros

Boa parte do capital levantado na última rodada de negócios será destinado para uma espécie de crédito digital, que visa substituir o cartão de crédito. Hoje, menos de 35% dos brasileiros têm cartão de crédito. 



Publicidade

Isso mostra que existe um mercado bem potencial para ser explorado. Afinal, esse modelo da Addi se baseia no modelo da americana Affirm que vale US$ 14,3 bilhões na Nasdaq. Ele é conhecido internacionalmente como “buy now, pay latter”.



Anúncios

No Brasil, ele é o bom e velho crediário que é concedido pelas grandes empresas do varejo como Casas Bahia, Magazine Luiza, Pernambucanas, dentre outras. A única diferença é que isso seria uma espécie de crediário digital.


Veja também:


Como vai funcionar esse crediário digital?

Essa solução será oferecida sem garantias no ponto de venda das lojas físicas e em sites de e-commerce de forma rápida e sem burocracia. Ou seja, a aprovação acontece no ato da venda, sendo bom para quem vende e para quem compra.

Só para ter uma ideia, só neste ano de 2021, a Addi já realizou mais de 35 mil transações na Colômbia. Esse é um crescimento de cinco vezes no volume de transações de janeiro a maio na comparação com o mesmo período do ano passado.

Agora, com os recursos que foram levantados, a Addi pretende aumentar a equipe tanto no Brasil, quanto na Colômbia. No Brasil, o objetivo da empresa é emprestar cerca de R$ 1 bilhão pelos próximos 2 anos.

E onde será usado o restante do dinheiro da rodada de negócios?

Outra parte do capital levantado pela Addi é para expandir os varejistas que podem usar a empresa para fornecer crédito para os seus clientes. A empresa conta com aproximadamente 50 parceiros, mas a intenção é crescer esse número nos próximos anos.

Dentre os varejistas parceiros estão o Atacadão da Ótica, Calçado Fácil, AM Ferramentas, FutSports, Erva Doce e K-Line Store. Essa nova solução também conta com várias plataformas de e-commerce integradas a ela como VTEX, NuvemShop e Woocommerce.

Para fazer o empréstimo sem garantia, foi desenvolvido pela empresa um algoritmo que cruza a verificação de identidade com dados de birô de crédito e outras fontes. Esse é um sistema que consegue avaliar se é ou não viável fornecer o crédito para o cliente em poucos minutos.

O cliente que está em busca do crédito só precisa fornecer o CPF, o número do celular com acesso ao WhatsApp e um e-mail. Em no máximo quatro minutos o crédito já é liberado para o cliente caso ele seja aprovado.

Assim que o crédito é aprovado, é só você escolher em quantas parcelas deseja pagar. Logo em seguida, um código para liberar o crédito é enviado ao seu smartphone e a compra é concluída. Tudo bem simples e rápido.

Gostou deste artigo? Então não deixe de compartilhar com todos os seus amigos e parentes nas suas redes sociais e nos ajude a disseminar o conhecimento.