Conta Digital do Flamengo chega para concorrer com outros bancos

Conta digital do Flamengo: chamada de Nação BRB Fla, essa conta possui diversas vantagens para os seus torcedores. É controlada por um App de forma 100% online.

Publicidade
Publicidade

Conta Digital do Flamengo

conta digital do flamengo

Você é torcedor do Flamengo, apaixonado pelo time? Então aí vai uma novidade: O clube está lançando a conta digital do Flamengo.

O Flamengo é o clube com maior torcida no país. Não só no Rio de Janeiro, mas em qualquer outro estado é possível encontrar torcedores do clube.

Portanto, a clientela é vasta, e o clube sabendo disso, está para lançar no dia 15 de julho o seu próprio banco digital que é fruto de uma parceria com o Banco de Brasília (BRB).

O BRB atualmente tem uma carteira com 750 mil clientes, tendo como sócio majoritário o Governo do Distrito Federal. E para expandir a sua atuação, nada melhor do que abraçar a torcida rubro-negra.

Publicidade

Serviços prestados pela conta digital do Flamengo

O banco digital do Flamengo deverá oferecer os mesmos serviços que qualquer outro banco digital do país.

Publicidade

Ou seja, serão oferecidos cartão de débito e crédito, cartão pré-pago, conta digital completa e opções de investimentos. 

Também está sendo estudado a oferta de outras soluções que serão os títulos de capitalização e a previdência privada. O contrato do clube com o BRB entrará em vigência no próximo dia 01 de julho.

No entanto, por conta dessa nova parceria o Flamengo deixará de ser patrocinado tanto pela Caixa quanto pela Petrobras. Contudo, a expectativa é que o projeto dê um lucro maior que será igualmente dividido entre o banco e o clube.

Além das estatais, o clube também deixa de ser patrocinado pelo BS2. O patrocínio deste banco rendia aos cofres do Flamengo cerca de R$ 15 milhões por ano. Além disso, o clube também tinha participação na venda dos produtos financeiros da instituição.

Como o contrato com o banco iria até o final deste ano, o clube teve que assumir as cláusulas da rescisão do contrato.


Veja também:


O projeto será gerido pelas duas instituições

A governança do projeto será compartilhada entre Flamengo e BRB e terá, portanto, a participação de dirigentes dos dois lados. 

Existe no projeto uma garantia de R$ 32 milhões ao flamengo caso o banco não dê lucro. Além disso, o clube também tem a garantia de ser retirado dos dividendos do banco em caso de prejuízo.

O cartão de crédito desta parceria irá conter o logotipo tanto do Flamengo quando do Banco de Brasília, sendo que o clube ficará com 50% do lucro desse serviço, embora ainda não tenha sido divulgado como a cobrança será feita na nova conta.

O Flamengo irá fazer a folha de pagamento dos atletas e de outros funcionários do clube pela plataforma que foi anunciada. O principal objetivo é ser um concorrente de peso para o Nubank e também para o Banco Inter.

Hoje o Flamengo conta com uma torcida de aproximadamente 42 milhões de pessoas, ou seja, 20% dos brasileiros torcem para o clube carioca. Essa é portanto a aposta da nova conta digital.

Projeções feitas pelas duas instituições acreditam que no primeiro ano o projeto terá aproximadamente 1,5 milhão de novos cadastros, movimentando R$ 5 bilhões.

Incentivos para torcedores migrarem para a conta digital do Flamengo

Para atrair os torcedores em um primeiro momento, o banco irá oferecer atendimento full time, produtos personalizados, programa de relacionamento e ausência de tarifas.

Além disso, os torcedores também poderão acompanhar os jogos fora do Rio de Janeiro. Isso sem contar que haverá uma unidade de atendimento do BRB nas dependências do clube.

Outros clubes também estão estudando iniciativas parecidas, e poderão seguir o Flamengo, caso o projeto ganhe corpo e mostre-se lucrativo. 

Gostou deste artigo? Deixe o seu comentário, sua sugestão e compartilhe esta notícia com seus amigos nas redes sociais.