Descubra como transferir financiamento pode te ajudar a economizar!



Anúncios



Publicidade

Neste artigo você vai entender que a portabilidade pode te ajudar a economizar muito, já que, a partir de abril, novas regras vão facilitar quem quer fazer o processo. Leia este artigo e veja como transferir financiamento pode ser uma sacada bem útil.

Com a diferença na taxa geral de juros (taxa Selic), está mais barato contratar crédito e mais difícil investir em renda fixa. Mas, se você tem um financiamento em andamento, saiba que realizar a portabilidade pode ser muito vantajoso para você, veja mais a seguir.

Entenda como transferir financiamento vai economizar seu dinheiro

A portabilidade de crédito pode, de forma geral, trazer vantagens, mesmo antes das mudanças que estão sendo promovidas. Já que caso você tenha um financiamento e queira mudar de banco ou de financeira, é natural que ao querer manter ou conquistar novos clientes a empresa faça uma proposta mais vantajosa.

 Entretanto, com as quedas da taxa geral de juros (Selic), as vantagens da portabilidade são ainda maiores. Já que caso você tenha contratado um financiamento no governo Dilma, por exemplo, você contratou quando a Selic estava em 13%, agora que ela está em cerca de 4%, será sentida a diferença na hora de refinanciar.



Publicidade

Isto porque a taxa básica de juros influencia muito na hora de contratar um empréstimo, então, se você refinanciar agora terá vantagens. Mas, além disso, estão sendo feitas mudanças no sistema que organiza os financiamentos de imóveis. Veja mais informações a seguir.



Anúncios

Novas regras de financiamento de habitação

A partir de abril, quem tem financiamento pelo Sistema Financeiro Imobiliário, poderá transferir o financiamento para o Sistema Financeiro de Habitação. Na prática, isto significa que será possível trocar um financiamento mais caro, por um financiamento mais barato.

Afinal de contas, como transferir o financiamento que eu já possuo?

Você pode primeiro tentar negociar a taxa de juros com o próprio banco, peça um extrato atualizado de dívida, nele deverá constar o que você pediu de empréstimo, a taxa de juros e o montante (valor emprestado + juros).

Com o extrato atualizado de dívida, você poderá ir a outra agencia bancária e simular uma portabilidade e compra de dívida. Ou, então, fazer uma solicitação de proposta online, o Banco Inter, por exemplo permite uma cotação online para transferir o financiamento.

Talvez você nem precise mudar de banco, já que caso queira, pode negociar uma taxa menor o próprio banco que já trabalha. Pois, a outra financeira fará uma proposta com base no seu pedido de refinanciamento, mas o seu banco atual poderá fazer uma contraproposta também.


Veja também:


Conclusão

Enfim, neste artigo você descobriu como fazer a transferência do financiamento e como isto pode ser útil para você! Gostou da dica? Comente conosco sua opinião e compartilhe com os amigos as novidades!