Google investe pesado na Índia para oferecer celular de baixo custo

O Google investirá na Índia com o objetivo de fomentar a economia digital daquele país até 2027. Continue a leitura para mais informações.

Google investe pesado na Índia

google

O Google está ampliando seus horizontes, e anunciou nesta última quarta-feira (15) um investimento pesado na Índia.

O valor total a ser investido pela gigante da tecnologia é de US$ 4,5 bilhões na Jio Platforms que é uma empresa indiana de internet, serviços móveis e e-commerce.

Com esse aporte, o Google passará a ter aproximadamente 8% de participação societária na empresa indiana. O compromisso da empresa é investir pesado na Índia com o objetivo de fomentar a economia digital daquele país até 2027.

Parceria entre Google e Jio Platforms

Democratizar o acesso à internet na Índia. Esse é, portanto, o desafio das duas companhias que irão trabalhar de forma conjunta para atingir este objetivo.

Dessa forma, o Google conseguirá acelerar o seu objetivo de ajudar o povo indiano. No entanto, apesar do anúncio do investimento, as empresas ainda aguardam a revisão regulatória no país.

Além dessa parceria para ampliar o acesso à internet na Índia, o Google também pretende produzir um smartphone barato para aquele mercado.

Os detalhes ainda não foram divulgados pela companhia, no entanto, foi adiantado que este smartphone terá o sistema operacional Android.

Só para ter uma ideia, no Brasil hoje cerca de 79% da população possui acesso à internet. Já na Índia uma pesquisa do Pew Research Center, mostrou, contudo, que apenas 24% dos indianos possuem um smartphone.

Democratização da internet nas terras indianas

De olho nesse mercado gigante, as empresas estão pensando em como milhões de usuários na Índia poderão se tornar proprietários de smartphones.

De acordo com um comunicado do Google, o esforço será dado para impulsionar a inovação elevando o crescimento da nova economia indiana.

Para isso, o Google tem aprimorado os seus aplicativos no país e também criou recentemente versões offline para atender um público ainda carente de acesso à internet.


Veja também:


Investimentos da Google estão vindo em hora certa

Além do amplo mercado que o Google está vislumbrando, há uma outra razão para tamanho investimento naquele país: o distanciamento da China.

A Índia está cada vez mais procurando se distanciar dos chineses, sendo que diversos produtos da China já foram barrados na Índia.

Para se ter uma ideia, 59 aplicativos foram banidos do país, como o TikTok, WeChat e Mi Video. Esse fato chamou a atenção do Google que vê na Índia um mercado amplamente promissor para se investir.

A decisão do afastamento partiu do Ministério da Tecnologia da Informação, que alegou, contudo, estarem surgindo inquietações quanto a aspectos relacionados à segurança dos dados e a proteção da privacidade do povo indiano.

Sem a China na briga, as empresas norte-americanas passaram a olhar com maior atenção para este mercado que possui uma população enorme e pouco desenvolvida tecnologicamente.

Se aqui no Brasil já estamos habituados com os recursos tecnológicos, lá essa realidade está apenas começando.

Gostou deste artigo? Deixe o seu comentário, sua sugestão e compartilhe esta notícia com seus amigos nas redes sociais.