O que significa planejamento sucessório? Entenda!

Uma das melhores maneiras para evitar brigas na partilha de bens e garantir uma repartição mais justa é por meio do planejamento sucessório que deverá ser feito em vida pelo sucessor.

Publicidade
Publicidade

Planejamento sucessório

planejamento sucessório

Para quem não sabe, planejamento sucessório é uma forma de organizar a maneira com que o seu patrimônio será dividido entre os seus herdeiros. Ou seja, dá para definir quem serão eles, e quais serão as porcentagens que cada um terá.

Esse é um modo de proporcionar mais segurança para sua família, uma vez que a repartição de bens será menos burocrática. Como resultado você evitará brigas por partilhas no futuro, garantindo assim uma sucessão de bens mais justa.

Além disso, o planejamento sucessório é capaz de diminuir os custos e despesas, preservando o seu patrimônio. Até porque sem tanta burocracia e gastos com inventário, as despesas judiciais serão bem menores.

CARTÃO BANCO INTER
CARTÃO DE CRÉDITO

CARTÃO BANCO INTER

SEM ANUIDADE
 
CASHBACK
Um cartão internacional repleto de benefícios!
Você permanecerá no site atual

Por que é importante o planejamento sucessório?

O planejamento sucessório é importante para garantir um processo menos burocrático na transmissão do patrimônio familiar. Afinal, o titular poderá organizar como será a divisão dos seus bens e quem serão os seus herdeiros.

Publicidade

Essa é uma maneira, inclusive, de preservar alguns bens evitando que eles sejam perdidos em um processo de partilha. Isso sem falar que os gastos com inventário também serão menores e o Imposto de Transmissão Causa Mortis e Doação (ITCMD) não será algo para se preocupar.

Publicidade

Famílias que possuem muitos bens, sejam eles imobilizados ou em capital circulante, precisam pensar no planejamento sucessório para evitar uma briga entre herdeiros, ou até mesmo que alguns deles sejam lesados.


Veja também:


Quais são as formas de criar um planejamento sucessório?

A forma mais conhecida de planejamento sucessório é através da doação de bens. Nesse caso o sucessor já determina e faz a doação em vida do seu patrimônio para os seus herdeiros. Também dá para deixar os patrimônios em reserva usufruto. Isso quer dizer que os bens já estão em nome de terceiros, mas o sucessor poderá usufruir deles.

Uma outra possibilidade que está crescendo bastante é criar uma holding familiar. Para isso, o sucessor cria uma empresa na qual os patrimônios ficam detidos e as ações dela correspondem às cotas de cada herdeiro.

O sucessor pode fazer a transferência dessas cotas para os herdeiros que geralmente são os filhos e o cônjuge. Essa está sendo, inclusive, uma das formas mais práticas e com menor custo de criar um planejamento sucessório.

Uma outra maneira, e talvez a mais conhecida, é através do testamento. Por meio dele, o sucessor realiza a partilha à sua vontade, desde que respeite os 50% destinados legalmente para os seus familiares.

Fora isso, o restante poderá ser repassado para quem o titular escolher. Mas como existem algumas regras presentes na construção do testamento, é necessário contar com um profissional qualificado para evitar complicações.

Quais as vantagens do planejamento sucessório?

A principal vantagem do planejamento sucessório é evitar o tempo e o custo em um processo de partilha. Isso sem contar na briga entre os herdeiros que pode levar inclusive a um desentendimento entre familiares que até então se davam bem.

Afinal, se o sucessor deixar tudo claramente dividido de acordo com a sua vontade e respeitando a lei, caberá aos seus herdeiros aceitarem a sua vontade, evitando assim brigas e desentendimentos futuros.

Sendo assim, independente da forma como será feito o planejamento, sendo por testamento, holding ou usufruto, a melhor maneira de garantir uma repartição mais justa é deixando tudo certo ainda em vida.

Agora que você já sabe quais são as formas de planejamento sucessório é só escolher aquela que achar melhor. Gostou deste artigo? Então não deixe de compartilhar com todos os seus amigos e parentes nas suas redes sociais e nos ajude a disseminar o conhecimento.