Orçamento familiar: aprenda a fazer um com 5 categorias



Anúncios



Publicidade

Suponha que você deseje criar um orçamento familiar, mas não queira criar um muito detalhado ou com muitos itens. Em vez disso, você apenas deseja criar um orçamento que represente uma “visão geral ampla” das suas despesas? Então, não perca este post e confira todas as dicas para por suas finanças em dia.

O seguinte orçamento de cinco categorias permite que você divida seus gastos em cinco ou seis categorias fáceis: não muito poucas, mas não muitas.

1 Habitação

A gasto do orçamento familiar em moradia não deve abranger mais de 35% da sua renda para casa. Isso inclui

  • a prestação do financiamento ou aluguel;
  • todos os reparos e manutenção em casa;
  • impostos sobre a propriedade;
  • utilidades como eletricidade, gás, água e esgoto;

Em resumo, esta seção inclui todas as despesas relacionadas à habitação.



Publicidade

2 Transporte

Você pode adorar carros de luxo, o que é ótimo, desde que as despesas de transporte ocupem não mais que 15% do seu orçamento familiar. Isso inclui:



Anúncios

  • qualquer pagamento de carro que você esteja fazendo,
  • gasolina,
  • seguro de carro,
  • todos os reparos e manutenção,
  • o valor que você paga pelo estacionamento ou,
  • se você usa o transporte público, o valor que você paga pelos bilhetes de trem ou metrô.

Lembre-se de que o transporte não é apenas o pagamento do seu carro. Pelo contrário, esta parte inclui tudo: pagamento do carro, troca de óleo, ajustes e reparos do carro, como o novo radiador e a correia dentada.

3 Outras despesas do orçamento familiar

Outras despesas de vida, que são predominantemente despesas onde você decide o quanto vai gastar com elas, devem levar até 25% de sua renda. Isso inclui:

  • atividades recreativas,
  • comer em restaurantes,
  • comprar ingressos para shows,
  • comprar roupas novas,
  • ir a eventos esportivos e levar a família para boas férias.

4 Poupança

Em cada pagamento mensal, faça um orçamento para economizar 10% do seu salário. Por isso você deve utilizar uma conta separada e menos acessível, para reduzir a tentação de gastar esse dinheiro.

Portanto, podemos dizer que as suas economias deverão ser predominantemente para:

  • um fundo de emergência,
  • aposentadoria e investimentos,
  • como um novo lar ou
  • a educação futura das crianças.

5 Pagamento da dívida

O pagamento da dívida deve consumir até 15% de sua renda. Portanto, isso inclui seus cartões de crédito ou empréstimos para estudantes. Ele não inclui o pagamento da hipoteca ou o pagamento do carro, listados em “moradia” e “transporte”. Mas, por outro lado, ele inclui pagamentos extras que você está fazendo em relação à sua hipoteca e empréstimo de carro além do mínimo.

Use esse orçamento de cinco categorias se desejar criar um orçamento familiar viável que seja um pouco mais detalhado e eficaz, mas não excessivamente detalhado ou complexo.

Conclusão

Enfim, neste post você pode ver que não é tão difícil começar a dar os primeiros passos para fazer um bom orçamento familiar. Por fim aprendemos a dividir as despesas em 5 categorias principais e o limite de gasto para cada categoria, para então alcançar o equilíbrio na elaboração do orçamento familiar.

Gostou do post? Então, veja mais em: “Como recuperar as finanças 2021“.