Risco país atinge menor nível desde 2010

Publicidade
Publicidade

O risco país Brasil teve uma mudança considerável para o Brasil, e chegou ao melhor nível em quase 10 anos. Isto significa que está mais seguro investir no Brasil, sem ter prejuízos, pelo contrário, obtendo lucros substanciais.

Este índice também conhecido como CDS (credit default swap) indica qual o risco de investir no Brasil. Oras, de fato quanto menor for o índice, investidores fluirão ao país, empregos virão e mais dinheiro será colocado na economia brasileira. Trazendo então maior crescimento econômico do país e a diminuição da taxa de desemprego.

O que é risco país?

É o sinônimo de CDS, e diz para os países em que país é melhor investir. Todos os países têm, portanto, um número específico para dizer o quanto “investíveis” eles são. O termo foi criado em 1992 pelo banco JP Morgan e tinha a finalidade de orientar seus clientes sobre como investir com mais consciência dos riscos envolvidos.

A resposta mais objetiva para: “o que é risco país?”, é: o risco do investimento de capital estrangeiro dar certo ou não em países emergentes.

Publicidade

O índice é calculado com base em diversas variáveis, como, por exemplo: instabilidade política, crescimento econômico, endividamento do país em análise, entre outros. Portanto, podemos dizer que um índice alto afasta investidores do país.

Publicidade

Risco país Brasil

Na última semana, o risco país Brasil caiu 14,43%, o que significa que o país está mais seguro do ponto de vista dos investidores. A agência Standard & Poor’s fez uma revisão de na nota do Brasil, que antes era neutra, agora está em BB- a longo prazo e B a curto prazo.

Vale apena ressaltar que a S&P tem um escalonamento que vai de AA ++ até CC–, o Brasil ainda não está extremamente bem avalidado, no entanto, a nota subiu o que é positivo e atrairá mais investidores ao país.

Risco Brasil hoje

Risco país Brasil

Nesta segunda-feira dia 16, o índice operou abaixo de 100, um pouco acima de 98 pontos. Sendo, portanto, o índice mais baixo deste 8 de novembro quando esteve em 97,408 pontos.

Segundo a empresa S&P, que aumentou a avaliação do país em BB-, se o país seguir no ritmo de reformas fiscais e melhora na economia a nota de crédito poderá subir ainda mais.

Conclusão

A Economia do país avança e as entidades que medem o quanto é seguro investir no país já estão notando isto. Tal situação faz com que o crescimento que já existe no Brasil tenha a tendência e facilidade para melhorar a economia ainda mais, o que, por conseguinte, traz melhores melhores avaliações.

Enfim, podemos notar que as reformas fiscais e medidas econômicas feitas recentemente no Brasil, já estão surtindo efeitos. Entretanto, um dos efeitos mais esperados, a diminuição do desemprego e a melhora na qualidade de vida, ainda não se notaram de forma nítida.

Por fim, podemos dizer que de fato ao que tudo indica, o Brasil está no caminho certo, criando bases e raízes para então começar a dar frutos. Que venham bons ventos sobre a nação!

Veja mais notícias em: “Desigualdade de gênero acabará em 2276, segundo Fórum Econômico Mundial