Como usar o cartão de crédito de forma consciente? Descubra!

Cansado de se enrolar com juros do cartão de crédito? Não conseguir pagar a fatura no final de mês? Confira nossas dicas importantes para uso consciente do seu cartão.



Anúncios



Publicidade

Uso do cartão de crédito de forma consciente

Cartão de crédito

Você usa o cartão de crédito para comprar? Já se atrapalhou com ele e acabou caindo no rotativo? Saiba que o uso consciente do cartão pode trazer diversos benefícios.

Muitos brasileiros acabam vendo o cartão de crédito mais como um inimigo do que como um aliado. Não é para menos, afinal os juros do rotativo do cartão são os mais altos do mercado, superando inclusive os juros do cheque especial.

Entretanto, se o cartão de crédito for usado de forma consciente, ele pode trazer inúmeras vantagens para os consumidores como: desconto em lojas parceiras, acúmulo de milhas para viajar, cashback etc.

Além disso, por ter até 40 dias para pagar a fatura, você pode aplicar o dinheiro em um CDB de resgate automático e ainda obter rendimento. Ou seja, se bem usado o cartão de crédito pode ser um importante aliado. Quer saber mais? Continue por aqui.



Publicidade

Como usar o cartão de crédito de forma consciente?

A melhor forma de usar o cartão de crédito sem se atrapalhar é criar lastro para ele. Por exemplo, ter o dinheiro à vista para fazer a compra. Então se você tem guardado R$ 500, não gaste mais do que isso no cartão.



Anúncios

Isso irá te ajudar a não se atrapalhar com a fatura, pois nunca faltará dinheiro para pagá-la. Além disso, é importante que você contenha as compras por impulso que são as principais causadoras do descontrole no cartão.

Carla Campos, consultora e educadora financeira em Belo Horizonte, diz que o cartão é normalmente visto como um alívio pelos consumidores, pois eles podem fazer as compras e pagá-las somente após o recebimento do salário.

No entanto, ela enaltece que é necessário ter um bom planejamento para não cair no rotativo e ver a dívida crescer como uma bola de neve. “O segredo é usá-lo como se fosse um pagamento à vista”, esclarece.

Carla Campos, ainda ressalta que ao usar o cartão como se fosse um pagamento à vista, você desfruta de todos os benefícios que ele oferece sem preocupar-se se irá faltar dinheiro no dia de pagar a sua fatura. Afinal, você já tem o dinheiro reservado para isso.


Veja também:


O que é preciso evitar para não se atrapalhar com o cartão?

Para não se atrapalhar com o cartão é preciso evitar de todo modo gastar mais do que ganha. Além disso, é necessário uma atenção redobrada com os parcelamentos.

Só para ter uma ideia, se você sair parcelando produtos em parcelas pequenas, poderá perder-se. Um exemplo, ao fazer 10 parcelas de R$ 50, você terá que pagar R$ 500 por mês só de parcelamento.

Por isso é importante controlar os seus gastos. Isso pode ser feito no próprio App do cartão, mas se você preferir também pode criar uma planilha no excel ou então baixar um aplicativo de controle financeiro para acompanhá-los.

Carla Campos esclarece que se por algum motivo você acabar atrapalhando-se para pagar a fatura do cartão, o ideal é negociar com a financeira e fazer o parcelamento da fatura, evitando assim cair no rotativo do cartão que possui juros muito elevados.

Programa de vantagens podem ser muito benéficos

A educadora financeira esclarece que o programa de fidelidade do cartão pode ser muito benéfico para os consumidores, uma vez que podem ser trocados por viagens, descontos ou produtos, dependendo do programa.

“Com o cartão, é possível trocar os pontos pelo que é oferecido pelo programa, dependendo da quantidade que você possui e economizar com viagens, compras de determinados produtos, postos de gasolina e muito mais”, cita a educadora financeira.

Em resumo, você pode ter um cartão do Santander, Itaú, Nubank ou qualquer outra instituição, que se bem usado pode ser um importante aliado para o seu dia a dia.

Gostou deste artigo? Então não deixe de compartilhar com todos os seus amigos e parentes nas suas redes sociais.