5 dicas para gerenciar a ansiedade financeira! Confira!

Cansado de não ver a cor do dinheiro que ganha? A ansiedade financeira pode ser responsável por isso acontecer. Entenda como melhorar suas finanças a seguir.

5 dicas para gerenciar a ansiedade financeira

Ansiedade financeira

Você já ouviu falar em ansiedade financeira? Saiba que esse pode ser um dos principais problemas que faz você nunca ver a cor do dinheiro.

Amanda Clayman, terapeuta financeira, deu uma entrevista recentemente à BBC News Mundo, onde esclareceu que a ansiedade financeira é um dos males da humanidade.

Clayman, antes de tornar-se terapeuta, chegou a acumular cerca de US$19 mil em dívidas. Em valores atuais, isso é algo perto de R$96 mil.

Para sair dessa bola de neve, ela foi obrigada a começar a planejar. E aos poucos percebeu como uma mudança de hábitos poderia fazer a diferença.

Hoje Clayman atende clientes com problemas financeiros e diz que a ansiedade financeira é um dos grandes problemas da atualidade.

Para superar a ansiedade financeira, Clayman recomenda cinco etapas. Quer saber quais são? Então vem com a gente.

1 – Abra a porta para a curiosidade

Segundo a especialista, o primeiro passo para você começar a melhorar sua relação com o dinheiro, é ficar curioso em relação a ele.

Ou seja, querer saber para onde ele está indo, e se suas dívidas estão aumentando ou não. É importante entender porque isso está acontecendo.

Na visão de Clayman, você não pode se concentrar somente em descobrir como saldar suas dívidas. É preciso que você aprenda a não criá-las.

Então, olhe para seus gastos, pois eles vão revelar um pouco sobre você. E depois, comece a desenvolver uma mudança nos seus hábitos.


Veja também:


2 – Preste bastante atenção ao seu dinheiro sempre

Deixe sempre um espaço no mês para ver o fluxo de dinheiro que entra e sai da sua conta. E procure sempre pagar seus boletos antecipadamente.

Hoje em dia existem muitos aplicativos que podem ajudar no controle financeiro, inclusive dividindo os gastos por categoria que ajudam ainda mais a entender suas despesas.

Com um orçamento organizado, você precisa sempre se antecipar aos fatos. Ou seja, se o aluguel vai aumentar, procure fazer um remanejamento antes que isso ocorra.

Quanto mais atenção você der às suas finanças, mais controle você terá dos seus gastos e dos seus impulsos consumistas.

3 – Reconheça seus próprios méritos

A terapeuta diz que você precisa também reconhecer o seu progresso. Afinal, ninguém muda da noite para o dia.

Por isso, mesmo que sejam pequenos passos, precisam ser reconhecidos por você, até porque você estará mostrando que é capaz.

Portanto, mesmo que no começo você ainda ceda a alguns impulsos consumistas, não desista, pois o progresso não é de uma hora para outra.

4 – Procure sempre novos caminhos

Uma outra dica da especialista, é que não há um caminho certo a seguir. Você precisa encontrar a sua própria forma de se organizar.

Olhe a sua volta, veja os caminhos que se abrem, as possibilidades de criar renda extra, aumentar a rentabilidade da sua reserva.

Enfim, procure sempre experimentar novos caminhos, mesmo que às vezes seja necessário recuar novamente para recomeçar em outro caminho.

5 – Encare a falta de dinheiro como um desafio

Às vezes nos desesperamos diante da falta de dinheiro, mas a verdade é que precisamos lidar com essa situação.

O desemprego, pode de repente bater em nossas portas, e aí, como fica? Por isso, é importante saber negociar, procurar a melhor forma de se endividar.

Enfim, é preciso deixar a emoção de lado para dar voz à razão. Por exemplo, se você perdeu o emprego, procure usar o acerto para pagar as dívidas com juros maiores.

Assim você evita que seu endividamento cresça rápido. Além disso, procure negociar e estender o prazo com quem você deve.

Aos poucos vá pensando em uma maneira de conseguir renda extra. São pequenas decisões que podem abrir grandes portas.

Inclusive, a Serasa está oferecendo gratuitamente o curso online Trilha Financeira para te ajudar nessa jornada. Vale a pena conferir.

Gostou deste artigo? Então não deixe de compartilhar com seus amigos nas redes sociais.