Banco Inter permite pagamento com cartão de crédito sem maquininha.

Publicidade
Publicidade

O Banco Inter não para de inovar, e agora acaba de anunciar que irá lançar ainda este ano um sistema de transações com cartão de crédito sem o uso de maquininha, o Interpag.

A novidade que foi anunciada pela fintech está prevista para ser lançada no terceiro trimestre deste ano, sendo que será possível também pagar outras pessoas físicas e não somente empresas.

Essa é uma novidade que vai de encontro ao atual momento pelo qual o Brasil e o mundo vem passando. Afinal, com o isolamento social, as pessoas estão tendo que se reinventar para pagar as suas contas.

CARTÃO BANCO INTER
CARTÃO DE CRÉDITO

CARTÃO BANCO INTER

CASHBACK
 
SEM ANUIDADE
Função débito e crédito sem taxas e crédito internacional
Você permanecerá no site atual

Nova funcionalidade do Banco Inter

Essa novidade do Banco Inter promete revolucionar o mercado de crédito no Brasil. Pois, ela irá atender autônomos, profissionais liberais e empresas que precisam de soluções para pagar suas dívidas.

Publicidade

Uma das vantagens desse sistema é que ele permite ao pagador uma maior organização de suas finanças, concentrando suas despesas em uma única fatura mensal. Ademais, também proporciona um maior ganho de prazo para pagar as contas.

Publicidade

Essa funcionalidade já está sendo estudada há alguns anos pela diretoria do banco. Alexandre de Oliveira, vice-presidente e diretor de RI do Banco Inter, no ano passado já cogitava implementar essa tecnologia até o primeiro trimestre deste ano.

Inicialmente apenas as bandeiras Visa e Mastercard com sistema de pagamento por aproximação poderão ser transacionados pelo aplicativo do Banco Inter, que poderá ser acessado por dispositivos digitais como Samsung Pay e Apple Pay.

De acordo com Alexandre de Oliveira há um vasto mercado a ser explorado, afinal existem cerca de 40 milhões de pessoas no Brasil que não possuem conta em banco. Desse modo, essa pode ser uma porta de entrada para esse público.


Veja também:


Uma boa alternativa para pequenos empreendedores

Além da praticidade, essa alternativa também significa redução de custo para pequenos empreendedores. Com isso, o banco que nesta semana atingiu 5 milhões de correntistas, espera expandir ainda mais sua carteira de clientes.

Essa inovação vem em um momento em que nem mesmo a indústria de meios de pagamento está imune à crise causada pela pandemia de coronavírus. Há uma expectativa de queda entre 8% a 10% no faturamento global do setor para este ano. Isso representa um recuo de 165 bilhões a 210 bilhões de dólares.

Essa queda financeira pode ser comparada ao que vivenciamos em 2008 quando ocorreu uma contração de 10% no setor segundo um levantamento feito pela consultoria McKinsey.

Se as expectativas dos agentes se confirmarem, o faturamento da indústria de meios de pagamento deverá cair para algo em torno de 1,86 trilhão a 1,90 trilhão de dólares. Até então a expectativa era de crescimento de 6% com projeção de 2,2 trilhões de dólares para 2020.

Para evitar uma queda ainda maior, os bancos, credenciadoras de cartões, bandeiras, estão precisando se reinventar e criar novas soluções para fazer a diferença na vida dos seus clientes.

Gostou deste artigo? Deixe o seu comentário, sua sugestão e compartilhe essa notícia com seus amigos nas redes sociais.