Buy now, pay later: Startups parcelam compra online sem cartão de crédito

Dentre as novidades que as fintechs e startups estão trazendo para o mercado, uma das mais recentes é o Buy now, pay later que permite a compra no momento presente para pagamento parcelado no futuro.

Publicidade
Publicidade

Buy now, pay later

buy now, pay later

As startups e fintechs estão evoluindo em uma velocidade bastante agressiva. Não é para menos que nos últimos meses elas passaram a disponibilizar um novo serviço para os seus clientes. Trata-se do Buy now, pay later.

O que significa isso? Isso significa que o cliente pode fazer uma compra online no presente e pagar o valor somente no futuro sem a necessidade de ter um cartão de crédito. Podemos dizer que ele é uma espécie de crediário digital.

Em resumo, ele usa a inteligência artificial para avaliar o risco de crédito do consumidor. Dessa forma, é cobrado uma taxa de juros de acordo com o perfil de cada cliente que pode fazer a compra e ter as parcelas debitadas ao longo do tempo.

CARTÃO SUPERDIGITAL
CARTÃO PRÉ-PAGO

CARTÃO SUPERDIGITAL

NEGATIVADO
 
FÁCIL ACEITAÇÃO
O cartão perfeito para quem tem o nome sujo e deseja reorganizar suas finanças
Você permanecerá no site atual

Como funciona o Buy now, pay later?

O Buy now, pay later é um serviço que começou a ser oferecido pelas startups principalmente depois da pandemia de covid-19 que foi responsável por trazer 20 milhões de consumidores novos para o comércio eletrônico.

Publicidade

Cada fintech ou startup possui as suas próprias regras, mas basicamente envolve o envio de informações de compra para a empresa que analisa os dados e então decide qual será o limite de compra e a taxa de juros que será cobrada.

Publicidade

Um dos pontos interessantes é que tudo é feito de maneira online, normalmente por aplicativo ou site que vai identificar as informações, fazer a análise e então apresentar a proposta para o cliente.

Sendo assim, a startup faz o pagamento da loja no ato da compra e depois recebe parceladamente do cliente cobrando uma determinada taxa de juros por isso. Esse pagamento do cliente pode acontecer via Pix, boleto ou débito direto em conta.


Veja também:


Quais são as startups que oferecem esse tipo de serviço?

Hoje em dia diversas startups estão oferecendo esse tipo de serviço, a mais famosa delas é o Nubank que está ampliando o serviço de forma gradual para a sua base de clientes. Um dos pontos positivos é que o Nubank dá até 12 meses para seus clientes fazerem o pagamento.

Nesse caso, o cliente precisa fazer a compra à vista, sendo ela debitada do seu saldo. Depois, é preciso acessar o App e identificar a compra que você quer parcelar e selecionar a opção “pague essa compra no futuro”.

Uma vez feito isso, você poderá simular prazos e condições de pagamentos e então escolher a proposta que mais se encaixa no seu orçamento. O pagamento é feito de maneira simples com débito em conta. Lembrando que a compra deve ser superior a R$ 30 para ser aprovada.

Outra startup que também possibilita aos clientes realizarem o parcelamento das compras online com pagamento por boleto e Pix é a ADDI. Ele é disponibilizado em alguns e-commerces como forma de pagamento.

Sendo assim, na hora de fazer a compra é preciso escolher essa opção, aceitar os termos de uso e depois escolher a proposta de parcelamento que mais lhe agrada, e na sequência concluir a operação.

Cuidados com a compra online parcelada

É preciso ter um grande cuidado com as compras online parceladas, porque na sua maioria, elas possuem juros que nem sempre são baixos. Em alguns casos esses juros são ainda superiores ao rotativo do cartão de crédito.

Por isso, é sempre preferível fazer compras parceladas usando o cartão de crédito e pagando a fatura integralmente em dia. Se você não tiver cartão, é preferível juntar o dinheiro para realizar compras à vista.

Procure fazer as compras parceladas na modalidade by now, pay later somente se não houver outra opção para o momento. E certifique-se de que o valor da parcela caberá no seu bolso.

Gostou deste artigo? Então não deixe de compartilhar com todos os seus amigos e parentes nas suas redes sociais e nos ajude a disseminar o conhecimento.