C6 Kick TIM – A nova forma de transferir dinheiro pelo celular!

O C6 Kick TIM permitirá que o cliente do App C6 Bank transfira dinheiro para qualquer outro banco informando somente o número do celular do recebedor.

Publicidade
Publicidade

C6 Kick TIM

C6 Kick TIM

O C6 Bank e a TIM não cansam de inovar. E agora acabaram de lançar uma nova maneira de fazer transferência de dinheiro pelo App: o C6 Kick TIM.

Essa nova modalidade permitirá que o cliente do App C6 Bank transfira dinheiro para qualquer outro banco informando somente o número do celular do recebedor.

Fantástico, não é mesmo? E sabe o que é melhor? O serviço não terá nenhum custo adicional. Tanto a C6 Bank quanto a TIM estão mostrando um verdadeiro comprometimento com a satisfação de seus clientes.

CARTÃO C6 BANK
CARTÃO DE CRÉDITO

CARTÃO C6 BANK

CASHBACK
 
MILHAS E VIAGENS
Conta digital e cartão de crédito personalizados
Você permanecerá no site atual

Como será a transferência pelo C6 Kick TIM?

Transferir dinheiro pelo aplicativo será fácil, prático e divertido. Você só precisa acessá-lo do seu smartphone e então selecionar a opção “Transferir por telefone (Via C6 Kick TIM)”.

Publicidade

Feito isso, é só então buscar o contato na agenda ou digitar o número do celular do recebedor. Depois é necessário informar o valor e enviar o link do comprovante ou por SMS ou por WhatsApp.

Publicidade

Uma mensagem será emitida para quem recebeu o valor e, sem precisar fazer nenhum cadastro ou informar dados pessoais, o recebedor poderá fazer o resgate do valor recebido.

De acordo com Renato Ciuchini, Head de estratégia e transformação da TIM Brasil, “A TIM investe para aprimorar a oferta de produtos diferenciados a seus clientes. Acreditamos que os serviços bancários e as novas formas de pagamento, como o PIX, são a próxima fronteira na transformação das relações entre empresas e consumidores.”

Ele ainda destacou que a TIM estará junto do C6 Bank para viabilizar o PIX. Além de outras ofertas que irão garantir mais comodidade para todos os brasileiros.

Como será essa parceria?

A parceria entre a TIM e o C6 Bank começou em março deste ano. Desde então, ela só cresceu. Afinal, permitiu a sinergia entre os produtos e serviços financeiros e de telecomunicações.

Segundo Tiago Galli, chefe da área de Parcerias da Telecom do C6 Bank, a parceria colaborou para trazer melhorias e ofertas de funcionalidades que facilitam a vida dos seus clientes.

Desde o seu início os clientes já contam com navegação no aplicativo do banco sem desconto de franquia, bônus de internet e um cartão de crédito sem anuidade.

Os 50 milhões de clientes da TIM podem, inclusive, contar com internet adicional ao fazer a recarga do celular ou pagamentos da fatura via C6 Bank.

Ou seja, desde quando decidiram se unir as empresas não pouparam esforços para garantir uma maior comodidade para os seus clientes.


Veja também:


Por que a TIM e o C6 Bank se uniram?

Para facilitar a vida dos seus clientes. Essa é a missão que fez a TIM e o C6 Bank se unirem. Até porque ambas empresas afirmam ser muito comprometidas com seus usuários.

A TIM traz em seu propósito a valorização da diversidade procurando, portanto, promover uma cultura mais inclusiva. Pautando, desse modo, o ambiente de trabalho no respeito.

Para se ter uma ideia, ela é a única empresa no setor de telecomunicação que integra o Novo Mercado da B3. Ele é reconhecido como nível máximo de governança corporativa.

A TIM também está há 12 anos seguidos no Índice de Sustentabilidade Empresarial. Isso mostra o comprometimento da empresa com o mercado.

O C6 Bank, por outro lado, procura sempre criar soluções financeiras inovadoras para seus usuários.

Os clientes podem, dessa forma, fazer transferências gratuitas no aplicativo. E ainda contar com um cartão sem anuidade e uma conta sem mensalidade.

Como foi possível ver, C6 Bank e TIM estão levando inovação constante na vida das pessoas. E o C6 Kick TIM é apenas mais um passo nessa caminhada.

Gostou deste artigo? Deixe o seu comentário, sua sugestão e compartilhe esta notícia com seus amigos nas redes sociais.