Centavos rendendo em conta digital vão pro IR

Está chegando o prazo final para fazer a sua declaração do IR. E é importante saber que até os centavos oriundos de dinheiro parado nas contas digitais precisam ser declarados. Entenda!

Publicidade
Publicidade

Declaração do IR

Declaração do IR

Estamos entrando na reta final da declaração do IR, e se você tem alguma conta digital como PicPay, Mercado Pago ou até mesmo o Nubank já deve ter recebido o informe de rendimento por lá.

Mas, será que é preciso declarar aqueles centavos que renderam na conta? Se você tiver que declarar o IR obrigatoriamente, a resposta é sim. Você terá que declarar o rendimento dessas contas mesmo que sejam centavos.

Portanto, se você movimenta essas contas digitais é bom ficar atento e já separar o informe de rendimento que está sendo disponibilizado por elas. Quer saber mais sobre a declaração do IR? Então continue com a gente só mais alguns minutinhos.

Como deve ser feita a declaração do IR?

A declaração do Imposto de Renda precisa ser feita todo ano até às 23h59 do dia 30 de abril. Ao passar dessa data, você terá que pagar uma multa que pode variar de 1% a 20% do valor devido de imposto com limite mínimo de R$ 165,74.

Publicidade

Além disso, se você não declarar corretamente o imposto de renda, ainda pode cair na malha fina e ter complicações com a Receita Federal. E por isso, é importante ficar atento, até mesmo nos pequenos detalhes.

Publicidade

Dessa forma, qualquer dinheiro seu que ficou parado na conta digital e rendeu alguma coisa precisa ser declarado. E as contas digitais como Mercado Pago, PagBank, Nubank, PicPay, dentre outras, remuneram os correntistas diariamente.


Veja também:


Todo mundo que recebeu esses lucros precisa declarar?

A declaração desses rendimentos não precisa ser feita por todas as pessoas. Somente aquelas que são obrigadas a declarar o imposto de renda. Ou seja, quem não é obrigado a declarar o IR, não precisa se preocupar.

Neste ano é obrigado a declarar o IR quem recebeu rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 ou rendimentos não tributáveis com valor superior a R$ 40 mil. Também é necessário declarar quem teve receita bruta superior a R$ 142.798,50 em atividade rural.

Outra obrigatoriedade é para quem tinha até o dia 31 de dezembro de 2020 posse ou propriedade de bens e direitos superiores a R$ 300 mil, ou passou a residente no Brasil durante qualquer mês do ano passado e assim estava no dia 31 de dezembro.

Uma das novidades na obrigatoriedade da declaração diz respeito a quem recebeu o auxílio emergencial durante o ano passado. Nesse caso, se você recebeu o benefício e teve renda tributável superior a R$22.847,76 terá também que declarar o IR.

Além disso, também terá que fazer a devolução do benefício que virá por meio de um boleto da própria Receita Federal. Portanto, é preciso bastante atenção para quem se enquadra nesses grupos.

Como saber qual foi a rentabilidade nas contas digitais?

Se você se enquadra nesses grupos e precisa declarar o IR, deverá ficar atento com os rendimentos advindos das contas digitais. Esse valor deve constar no informe de rendimento que é fornecido pela própria instituição.

Caso você não tenha recebido o informe de rendimento da instituição, entre em contato pelo chat e faça a solicitação. Pois, embora o valor seja pequeno, você poderá cair na malha fina pelo simples fato de não declará-lo.

Portanto, não deixe para a última hora. Já comece a separar a documentação necessária para não enfrentar problemas com a Receita Federal, até porque caso precise fazer alguma alteração você terá tempo hábil para isso.

Gostou deste artigo? Então não deixe de compartilhar com todos os seus amigos e parentes nas suas redes sociais e nos ajude a disseminar o conhecimento.