Cotação do cartão de crédito vai mudar em março, veja as novas regras



Anúncios



Publicidade

Costuma fazer compras em dólares ou moeda estrangeira, para sites como AliExpress ou outros? Já comprou em um dia que o dólar estava baixo e foi surpreendido com o valor no final da fatura, porque o dólar de fechamento foi maior? Veja a seguir este artigo e entenda melhor sobre como a cotação do cartão de crédito vai mudar em março.

Uma nova regra está sendo lançada, e segundo ela valerá a cotação do dia em que a compra foi feita, e não no dia do fechamento da fatura. Tal medida vai facilitar muito a vida de quem faz compras ou exterior, seja fisicamente ou pela internet.

Quais os detalhes da nova regra de cotação do cartão de crédito?

A partir do dia 2 de março, quem fizer compras no cartão terá mais transparência durante a transação. A regra é imposta pelo próprio Banco Central, já que a maneira como os bancos estavam lidando com cotação do cartão de crédito, por vezes prejudicava o consumidor, e deixava a relação de consumo do serviço financeiro um pouco nebulosa.

Todos os bancos, a partir de março, ficarão obrigados a calcular o câmbio com base no dia de compra. Assim, o consumidor pode ter clareza sobre qual o valor que virá na fatura do cartão comprando naquele dia, com o dólar com determinado valor. Vale lembrar que vale o dólar de fechamento do dia, e não o flutuante.



Publicidade

Qual a importância desta nova regra sobre cotação do cartão de crédito?

Duas vantagens se mostram nesta nova regra: maior controle sobre as finanças e também mais transparências sobre as taxas cobradas pelos bancos e administradoras de crédito.



Anúncios

Antes, além da insegurança que o cliente tinha em relação ao valor do dólar, muitas taxas de câmbio ficavam escondidas na “variação do dólar do dia”. E os clientes, acabavam nem se dando conta de como a taxa de câmbio do cartão de crédito pesava sobre o valor total.

Agora com a medida, da nova regra para cotação do cartão de crédito, fica muito mais fácil acompanhar as taxas de câmbio e outras “coisinhas” cobradas. Favorecendo assim, o controle do cliente e a competividade, já que assim ele poderá comparar melhor e buscar melhores opções.


Veja também


Conclusão

Enfim, neste artigo você viu que a parir do dia 2 de março deste ano (2020) a cotação ficará simplificada, e o valor do dólar cobrado, será aquele do dia da compra, e não mais aquele do fechamento da fatura. Isto, por sua vez trará melhor controle das finanças e também sobre as demais taxas do banco.

Gostou da novidade? Comente conosco sua opinião e compartilhe com os amigos as novidades.