6 dicas para não cair em armadilhas financeiras

Com o aumento nas vendas online nos últimos anos, também cresceram as tentativas de fraudes pela internet. Por isso é fundamental seguir algumas dicas para não cair nessas armadilhas. Confira!



Anúncios



Publicidade

Armadilhas financeiras

armadilhas financeiras

Embora estejamos vivendo uma grande crise por conta da pandemia de Covid-19, as vendas online não param de crescer. Até porque, por conta do isolamento social, as pessoas estão dando preferência para compras virtuais.

De acordo com dados da Receita Federal, as negociações eletrônicas chegaram a R$ 231,9 bilhões em 2020. Um ano antes, em 2019, as transações eletrônicas foram de R$ 164,2 bilhões. Contudo, junto com o crescimento também aumentou as tentativas de fraude.

Segundo Rudá Pellini, co-fundador da Wise&Trust, fintech americana de gestão de investimentos em ativos digitais, há muitas armadilhas que são aplicadas pela internet. Por isso, separamos 6 dicas para você se precaver. Dá só uma conferida.

1 – Quando a esmola é demais, o santo desconfia

Uma das maiores queixas na internet é referente a produtos que são comprados e simplesmente não chegam para o consumidor. Isso acontece com muita frequência, por essa razão é preciso ficar muito atento.



Publicidade

Quando a compra é feita por meio de um marketplace igual o Mercado Livre é um pouco mais seguro, mas ainda assim é necessário avaliar a empresa que está vendendo, as reclamações dos clientes e tudo mais. Jamais compre por sites pelas redes sociais.



Anúncios

2 – Dinheiro não vem facilmente para seu bolso

Ganhar muito em pouco tempo e com pouco trabalho. Se você ver algo assim, fuja, é cilada. Empresas de Forex, Trading, marketing multinível costumam vender sonhos para os seus prospectos, sonhos que muitas vezes não se realizam.

Como geralmente o dinheiro para entrar nesse tipo de negócio é pouco, acabamos nos sentindo atraídos. Ainda mais se estivermos desempregados precisando urgentemente de alguma renda. Portanto, cuidado com dinheiro fácil.

3 – Pesquise bastante sobre a empresa que está vendendo

Quando você for fazer uma compra pela internet, avalie muito bem a empresa que está vendendo o produto. Duas boas fontes de consulta são a CVM (Comissão de Valores Mobiliários) e o site Reclame Aqui.

É bem possível que logo de cara você já encontre materiais nessas fontes falando sobre armadilhas que envolvem a empresa em questão. Por isso, pesquise bastante, veja como a empresa respondeu às reclamações e pense muito bem antes de fazer a compra.


Veja também:


4 – Cuidado com as pirâmides financeiras

Hoje em dia com o crescimento do marketing multinível, cresceu bastante as pirâmides financeiras que falam em investimentos em trocas de produtos, cursos e muito dinheiro para quem conseguir se dedicar. Cuidado.

Geralmente quem está no topo dessas pirâmides acaba ganhando muito dinheiro em cima de quem está entrando no mercado. Como muitas delas se revestem de marketing multinível, acabam sendo legalizadas, cabe a você saber avaliar a fraude.

5 – Você milionário em dez anos

Quem não se depara com frases como essa na internet? Invista R$ 1 mil com taxa de juros de 15% ao mês e se torne um milionário. Cuidado com isso. Faça as contas e compare com outras aplicações no mercado.

Não existe milagre, se nenhuma outra aplicação é capaz de te tornar um milionário em pouco tempo, não seria um negócio desses que iria ser diferente. Então jamais entre por impulso em uma aplicação que promete mundos e fundos.

6 – Cuidado com o ego e a vaidade

Por fim, cuidado com seu próprio ego. A maioria das fraudes hoje na internet costumam mostrar pessoas altamente bem sucedidas, em carrões para fazer você sentir o desejo de chegar lá também e entrar em uma pirâmide financeira.

Se você se deixar levar pela vaidade e pelo orgulho poderá cair em uma armadilha dessas. Por isso, sempre tome cuidado para o seu ego não se tornar o seu pior inimigo. Com essas precauções, certamente você não cairá mais em golpes assim.

Gostou deste artigo? Então não deixe de compartilhar com todos os seus amigos e parentes nas suas redes sociais e nos ajude a disseminar o conhecimento.