5 dicas para você sair do vermelho neste ano. Confira!

Quer ficar livre de dívidas, limpar o nome e finalmente sair do vermelho? Confira nossas dicas e melhore sua vida financeira em 2021.

5 dicas para você sair do vermelho

dicas para sair do vermelho neste ano

Você está apertado com as contas? Cheio de dívidas e não sabe como vai fazer para pagá-las? Precisa sair do vermelho?

Realmente a situação não está fácil. Ainda mais neste começo de ano com tantas contas que vencem, não é verdade? É IPTU, IPVA, matrícula, material escolar.

Enfim, temos que ter um bom jogo de cintura para não começar o ano endividados. Mas, o que fazer para conseguir ajustar o orçamento?

Quer saber? Então confira nossas 5 dicas para você sair do vermelho neste ano e ter mais controle do seu orçamento doméstico.

1 – Comece marcando todas as suas contas

O primeiro passo para você começar a controlar o seu orçamento é marcar todas as suas contas. Não há outra forma de se organizar.

Seja qual for o gasto, não importa se é uma prestação de carro ou até mesmo um chicletes, o importante é que você marque tudo o que está gastando.

Feito isso, comece a olhar criteriosamente para o seu orçamento e então veja onde você pode começar a fazer cortes.

Não menospreze os pequenos gastos. Na maioria das vezes são eles os responsáveis pelo seu aperto financeiro. Procure evitá-los ao máximo.

2 – Não faça nenhuma compra por impulso, por menor que seja

Se você costuma sair comprando sem avaliar a necessidade daquela compra, comece a rever os seus hábitos. Pois, eles podem estar te prejudicando.

Seja a compra de um salgado, um lanche, não importa. São esses gastos que costumam pesar no seu orçamento no final do mês.

Dessa forma, comece a ponderar antes de gastar. Tente conter ao máximo o seu desejo consumista, evitando comprar produtos que não sejam estritamente necessários.

Sempre antes de consumir se pergunte: eu preciso desse produto? Se eu não fizer esse consumo, ele vai me fazer falta? Se a resposta for não, simplesmente não gaste.


Confira outras dicas:


3 – Se você tiver dívidas, deixe um espaço para pagá-las

Se você está endividado, é preciso marcar tudo o que deve e pensar em um planejamento para começar a pagar sua dívida.

Após começar a cortar os gastos desnecessários e replanejar o seu orçamento, comece a renegociar suas dívidas para então começar a pagá-las.

Comece pagando aquelas que possuem juros maiores, isso vai evitar que sua dívida vire uma bola de neve e se torne impagável com o tempo.

4 – Procure alternativas de renda extra para aumentar sua renda

Se mesmo realizando cortes no seu orçamento, você ainda continua sem espaço para pagar as dívidas, procure uma alternativa de conseguir uma renda extra.

Essa pode ser uma boa opção para aumentar seu orçamento. Hoje existem diversas alternativas nesse sentido.

Você pode começar a escrever para blogs, fazer designs, passear com pets, fazer marmitas. Enfim, use a sua criatividade.

Quanto mais criativo e dinâmico você for, mais rapidamente você vai conseguir pensar em alguma coisa para complementar a sua renda.

5 – Guarde uma pequena quantia por mês

Mesmo que você esteja apertado, e até mesmo endividado, comece a guardar uma pequena quantia de dinheiro por mês.

Não importa se é R$ 10 ou R$ 20. Esse hábito de guardar precisa começar a fazer parte da sua rotina. Isso mudará inclusive a sua relação com o dinheiro.

Ao começar a guardar essa pequena quantidade, você estará criando esse hábito na sua vida. E quando menos perceber sairá do vermelho.

Para fazer o seu dinheiro render um pouco, procure alternativas de contas digitais. Uma boa opção é a conta de pagamento do PagBank.

Só de deixar o dinheiro lá parado, ele já rende 100% do CDI. É pouco, mas é melhor do que nada. E lembre-se: comece hoje mesmo a repaginar a sua vida.

Gostou deste artigo? Então não deixe de compartilhar com seus amigos e parentes nas redes sociais.