Fim do dinheiro? Notas só em 20,5% das compras

As cédulas estão cada vez sendo menos usadas em transações comerciais, parte disto se deve ao fato das pessoas evitarem o contato durante a pandemia, para evitar a propagação do vírus. Continue lendo e descubra como o cartão de crédito e tecnologias dos bancos estão mudando hábitos.



Anúncios



Publicidade

Notas são menos usadas

Fim do dinheiro? Notas são usadas apenas em 20,5% das compras

Não é novidade para ninguém que a quarentena mudou muitos hábitos e vidas ao redor do mundo, infelizmente. Entretanto, muitos aderiram mais ao sistema bancário para efetuar compras online, por transferência ou cartão contactless. Outro acontecimento que impulsionou muito a utilização de dinheiro virtual é a chegada do Pix, que permite transferência de dinheiro sem custo e de forma instantânea.

Então, a resposta para a dramática pergunta “é o fim do dinheiro?”, é não. A menos que voltemos ao sistemas de permutas, sempre utilizaremos o dinheiro como forma de negociar, comprar e vender. Afinal de contas, dinheiro virtual ainda é dinheiro, não é mesmo? Fazer uma transferência e pagar por contactless, permite que você pague em dinheiro virtual e possa evitar as cédulas, caso assim prefira.

A seguir neste conteúdo, vamos ver como estão acontecendo as mudanças de comprar e vender. Você vai descobrir que as pessoas estão utilizando bem menos as cédulas e muito mais outras alternativas de pagamento. Por fim, vamos abordar duas formas de começar a utilizar o pagamento sem contato com dois produtos bancários importantes.


Veja também:


Mudança nos hábitos de consumo e formas de pagamento

As pessoas durante o ano de 2021 começaram a mudar bastante seus hábitos, as compras passaram a ser bem mais pela internet em vários e-commerce Até mesmo as compras feitas em supermercados passaram a ser feitas através de Apps e lojas na internet. Tudo isto aumentou muito o uso de meios digitais de pagamento.



Publicidade

Além disso, muitos consumidores passaram a preferir mesmo nas compras físicas o pagamento por contactless já que muitos optaram por utilizar cartões de crédito e débito com esta função. Segundo a “WorldPay from FIS”, uma grande empresa de tecnologia de pagamento, apenas 20,5% do total das transações foram feitas em cédulas de dinheiro.



Anúncios

Quais são as novas formas de pagamento?

Algumas formas de pagamento digital aumentaram o uso e outras formas tiveram mais movimentação. O checkout digital que pode ser utilizado como o boleto bancário, transferência, Pix, cartão de débito, crédito e também cartão pré-pago e ainda as carteiras digitais como Ame e Samsung que estão começando a permitir pagamentos em lojas virtuais. Além do checkout digital também estão se criando novas formas de pagamento em lojas físicas que não necessitem de contato ou cédulas. 

O mais utilizado e comum é o contactless que permite que pagamentos sejam feitos apenas aproximando o cartão da maquininha e se forem até R$ 200 reais não é necessário nem digitar senha. Outra forma é o pagamento por QR Code que pode ser feito através Apps como carteiras digitais, mas neste caso é necessário que haja convênio da empresa com os Apps. Recentemente foi lançado o Pix também permite pagamento por QR Code, é gratuito, ilimitado e instantâneo.

Como posso aderir e participar do sistema de pagamento sem contato?

Não importa se você prefere pagar as compras no débito ou crédito, é possível fazer com um cartão com contactless. Para quem prefere utilizar o saldo em vez do crédito, é interessante um cartão com conta corrente, já que permite movimentação e mais controle sobre as finanças. Outra opção é utilizar um cartão de crédito para fazer os pagamentos. O Santander começou a emitir os novos cartões com tecnologia contactless e com a conta corrente é possível realizar pagamentos Pix, além disso, também é possível contar com cartão virtual Santander.