Nubank acumula prejuízo mesmo com crescimento do setor

Mesmo com a melhora do setor, o Nubank registrou em 2019 um prejuízo líquido acumulado de R$ 312,7 milhões. Entenda a seguir os motivos.

Nubank acumula prejuízo

Nubank

Apesar do crescimento do setor, o Nubank registrou no último ano de 2019 um prejuízo líquido acumulado de R$ 312,7 milhões.

Ao comparar com o ano de 2018 o prejuízo aumentou 211,8%, sendo que naquele ano a instituição já havia registrado déficit de R$ 100,3 milhões. Sendo assim, o prejuízo por ação foi de R$ 1,99.

De acordo com o demonstrativo financeiro, em 2019 o Nubank encerrou o período com uma receita de R$ 528,9 milhões e uma despesa de R$ 841,4 milhões.

Ainda segundo a fintech, a receita de prestação de serviços que é composta por tarifas de intercâmbio somou R$ 914,6 milhões o que equivale a um aumento de 90%.

Dados sobre o prejuízo do Nubank

Segundo o banco digital, em agosto de 2019 foi deliberado um aumento de capital no montante de R$ 189 milhões.

Por conta desse novo aporte de capital, o patrimônio líquido da companhia atingiu o total de R$ 1 bilhão. Sendo que a fintech disse que no ano passado foram feitos vários investimentos na controladora.

Isso ocorreu para que o banco conseguisse suportar e consolidar o aumento das operações do grupo. Afinal, a empresa encerrou 2019 com 16 milhões de clientes, um aumento de 465% comparado à 2018.

Além disso, a carteira de operações de cartão de crédito cresceu 78%, saindo de R$ 6,8 bilhões em 2018 e indo para R$ 12,1 bilhões no ano de 2019.

O número de funcionários da fintech cresceu 102%, atingindo a marca de 2,4 mil colaboradores no ano de 2019.


Veja também:


Aquisição da Cognitect

O Nubank também realizou a sua segunda aquisição e a primeira internacional. A fintech adquiriu a empresa norte-americana de engenharia de software Cognitect.

A empresa já prestava serviços ao Nubank desde o ano de 2014. Agora, com a aquisição o Nubank irá incorporar os 20 colaboradores da companhia, sendo que os valores da transação não foram divulgados.

A Cognitect é a empresa que criou a linguagem Clojure e também o banco de dados Datomic. Essas ferramentas são usadas pelos desenvolvedores do banco.

Para se ter uma base, de 2019 para 2020 a equipe de engenharia do banco digital mais do que dobrou, sendo que no ano passado a empresa tinha cerca de 281 profissionais e neste ano está com aproximadamente 600 funcionários.

De acordo com Edward Wible, diretor de tecnologia e co-fundador do Nubank, a fintech observou que precisava de um nível diferenciado de acesso a um dos parceiros tecnológicos mais importantes.

Edward Wible, ainda afirmou que o Nubank está buscando ter o time técnico mais talentoso do mercado, e como a empresa norte-americana possui os maiores especialistas do mundo, essa foi uma excelente tacada.

Um pouco mais sobre o Nubank

O Nubank é um banco digital que oferece uma conta 100% online e gratuita para seus clientes. Atualmente a fintech tem escritórios no Brasil, México, Argentina e Alemanha.

A empresa viu o seu quadro de funcionários aumentar em 1,3 mil colaboradores nos últimos 12 meses, sendo eles de mais de 30 nacionalidades diferentes.

Portanto, o prejuízo está se mostrando como uma estratégia da empresa que está ampliando os investimentos para conseguir crescer em uma velocidade um pouco mais acelerada.

Gostou deste artigo? Deixe o seu comentário, sua sugestão e compartilhe esta notícia com seus amigos nas redes sociais.