quarta-feira, abril 17, 2024

Quem possui direito ao saque do INSS em 2022? Descubra!

Share

Saque do INSS

Saque_do_INSS_2022

Todos os trabalhadores brasileiros, bem como os profissionais autônomos pagam mensalmente um valor ao INSS para serem cobertos em caso de eventuais doenças, invalidez ou até aposentadoria.

Entretanto, o saque do INSS se aplica a algumas determinadas pessoas em casos especiais. A intenção é ajudar o trabalhador a manter sua dignidade e segurança financeira em situações de vulnerabilidade.

Isso agrega casos de doenças, acidente de trabalho, ou qualquer outra situação que impeça o trabalhador de exercer as suas funções. Neste artigo, falaremos mais a fundo sobre quem tem o direito ao saque do INSS em 2022.

CARTÃO PAGBANK
CARTÃO DE CRÉDITO

CARTÃO PAGBANK

SEM ANUIDADE
 
FÁCIL ACEITAÇÃO
Todo dinheiro investido em CDB vira limite do Cartão!
Você permanecerá no site atual

Quem tem direito ao saque do INSS em 2022?

Quem tem direito ao saque do INSS são os segurados da Previdência Social maiores de 16 anos, ou menores que são representados ou tutorados legalmente. Para ser um segurado é preciso contribuir mensalmente com a previdência.

Para ter acesso ao benefício, os trabalhadores precisam estar afastados do trabalho por motivos de doença, aposentadoria ou reabilitação. Lembrando que os profissionais autônomos também usufruem dessas vantagens.

Entretanto, para que um profissional autônomo possa dar entrada no auxílio doença ou acidente é preciso contribuir mensalmente com o INSS. Lembrando que é ilegal a prestação de serviços sem esse recolhimento.

Fora que pagar a previdência é uma segurança para o futuro. Até porque, se você não contribuir com o INSS, não vai se aposentar. Portanto, além de benéfico, ainda é extremamente vantajosa essa contribuição.


Leia também:


Como consultar o benefício do INSS?

A consulta do benefício pode ser feita diretamente pelo app Caixa Trabalhador, ou até mesmo pelo telefone. Nesse último caso é preciso entrar em contato pelo número 0800 726 0207 e selecionar a opção 7 na Central 111.

Se você quiser consultar pelo app é necessário se cadastrar primeiramente. Para isso é só fornecer o número do seu CPF, bem como outros dados pessoais como a data do seu nascimento e e-mail.

Com o cadastro feito você terá acesso a diversas informações. Essa é uma maneira de ficar por dentro do seu benefício e não perder nenhum prazo. Além disso, dá também para verificar o seu histórico de contribuições.

O que dá para acessar pelo app da Caixa?

Com o app instalado e devidamente registrado, você tem acesso ao número do seu benefício e os dados da conta bancária na qual você receberá o seu crédito. Além do mais, você saberá qual é a quantidade de parcelas que serão pagas.

Outro ponto importante é saber a situação de cada parcela. Por exemplo, considere que você receberá seis parcelas no total por um benefício, e que três já foram pagas. Você verá pelo app a situação de três parcelas pagas e as outras como a pagar.

Além disso, você saberá o valor que receberá de cada parcela, a data do recebimento, o dia da última prova de vida fornecida e o acesso ao calendário de pagamentos. Fora que você tem um canal para tirar todas as suas dúvidas.

E como sacar o benefício?

Para sacar o benefício é muito fácil. Basta ter o cartão previdenciário em mãos, e ir até uma unidade da Caixa, correspondente ou lotérica. Vale lembrar que é preciso ter a senha que obrigatoriamente deverá ser informada.

Se o beneficiário não puder comparecer pessoalmente, ele pode nomear um procurador pelo próprio INSS para sacar o dinheiro por ele. Se o saque for feito direto na boca do caixa pelo próprio beneficiário é só apresentar um documento de identidade.

Viu como é fácil sacar o benefício? Se gostou deste artigo compartilhe com todos os seus amigos e parentes nas redes sociais, e dissemine o conhecimento.

José Carlos Sanchez Júnior
José Carlos Sanchez Júnior
José Carlos é escritor e redator com formação acadêmica em Administração de Empresas e MBA em Gestão Financeira Controladoria e Auditoria formado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Read more

Local News