quarta-feira, abril 17, 2024

Auxílio Brasil de R$ 600 acabará no final do ano? Entenda!

Share

Auxílio Brasil

Auxílio_Brasil_2023

Recentemente foi aprovado a chamada PEC dos benefícios, que dentre várias bondades, elevou o valor do Auxílio Brasil em R$ 200. Nesse sentido, as famílias que recebiam R$ 400 passaram a receber R$ 600 a partir de julho deste ano.

Além disso, houve uma ampliação no número de beneficiários. Estima-se que aproximadamente 4 milhões de famílias foram incluídas no Auxílio. No entanto, apesar das mudanças, o valor de R$ 600 tem data para acabar.

Afinal, como a PEC foi aprovada em caráter de emergência por calamidade pública, todos os benefícios contidos nela só serão pagos até o final deste ano. A não ser que o governo faça novas alterações na lei.

CARTÃO SUPERDIGITAL
CARTÃO DE CRÉDITO

CARTÃO SUPERDIGITAL

SEM ANUIDADE
 
FÁCIL ACEITAÇÃO
Um cartão de crédito repleto de benefícios!
Você permanecerá no site atual

O Auxílio Brasil vai acabar em 2023?

O valor de R$ 600 será pago somente até dezembro de 2022. Assim sendo, a partir de janeiro de 2023 o valor do benefício volta para os R$ 400. No entanto, os candidatos à presidência já se manifestaram favoráveis à manutenção do valor de R$ 600.

No entanto, para que isso aconteça é preciso que seja aprovada uma nova Proposta de Emenda à Constituição (PEC). Todavia, não só o presidente, mas a maioria dos parlamentares defende a manutenção do valor.

Isso quer dizer que se uma nova PEC for colocada em votação para a manutenção do Auxílio Brasil em R$ 600, ela terá um amplo apoio. O grande problema está nas contas públicas que sofrem uma grande defasagem.

Ou seja, para que o auxílio seja sustentável nesse valor, o governo precisa ou aumentar alguns impostos ou até mesmo cortar gastos de outro lado para alocar o valor do benefício no orçamento sem prejuízo para a nação.


Leia também:


Quando o valor será pago em setembro?

O Auxílio Brasil no valor de R$ 600 começou a ser pago em agosto. Inclusive, as parcelas foram até mesmo antecipadas durante o mês. No entanto, em setembro o calendário seguirá o cronograma normal.

Isso quer dizer que quem tem o NIS terminado em 1 receberá no dia 19 de setembro, terminado em 02 dia 20, em 03 dia 21, em 04 dia 22, em 05 dia 23, em 06 dia 26, em 07 dia 27, em 08 dia 28, em 09 dia 29 e em 0 dia 30 de setembro.

Mesmo que em setembro o valor não seja antecipado, o ministro da Cidadania, Ronaldo Bento, afirmou que há muitas chances dos pagamentos posteriores serem antecipados em virtude de um aperfeiçoamento no cronograma.

Quem tem direito de receber o Auxílio Brasil?

O Auxílio Brasil é destinado para famílias que vivem na extrema pobreza ou pobreza. Entende-se como famílias que vivem na extrema pobreza aquelas cuja renda per capita seja inferior a R$ 105 mensais.

Já famílias que vivem na pobreza possuem uma renda per capita entre R$ 105,01 a R$ 210. No entanto, para receber o benefício é necessário se cadastrar no CadÚnico indo até uma unidade do CRAS mais perto de você.

Vale dizer, todavia, que quem já recebia o Bolsa Família, automaticamente recebe o Auxílio Brasil sem a necessidade de ter que se cadastrar. Além disso, o cadastro no CadÚnico não garante acesso ao benefício.

Afinal, será necessário passar por uma entrevista com um entrevistador social que analisará cada caso para decidir quem terá direito ao Auxílio. Assim sendo, você entra para uma lista de reserva antes de começar a receber o benefício.

A grande expectativa agora é saber se o valor será mantido em R$ 600 ou se voltará para os R$ 400 que eram pagos antes da aprovação da PEC. Ao que tudo indica, todos os presidenciáveis estão dispostos a manter o valor atual.

Gostou deste artigo? Então compartilhe com seus amigos e parentes nas suas redes sociais e espalhe essa informação.

José Carlos Sanchez Júnior
José Carlos Sanchez Júnior
José Carlos é escritor e redator com formação acadêmica em Administração de Empresas e MBA em Gestão Financeira Controladoria e Auditoria formado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Read more

Local News