Banco digital BS2 compra a fintech Weel e acelera expansão

No início do mês de junho o BS2 anunciou a aquisição da fintech israelense Weel para acelerar ainda mais a sua expansão, visando se tornar o maior banco brasileiro em antecipação de recebíveis.



Anúncios



Publicidade

Banco digital BS2

Banco Digital BS2

Os bancos digitais estão em um processo de expansão cada vez mais agressivo. Agora foi a vez do Banco Digital BS2 anunciar a compra da fintech Weel para acelerar o seu processo de expansão. E os objetivos do banco são bem ousados.

Com essa aquisição, a instituição tem como objetivo tornar-se o maior banco brasileiro em antecipação de recebíveis para pequenas e médias empresas. Só para ter uma ideia, o banco pretende atingir essa marca nos próximos dois anos.

O valor do negócio não foi revelado pelas instituições, mas o que se sabe até o momento é que a compra ocorreu por meio de troca de ações. Dessa forma, os acionistas da Well ficaram com uma fatia das ações do BS2.

CARTÃO BANCO BS2
CARTÃO DA CONTA DIGITAL

CARTÃO BANCO BS2

SEM ANUIDADE
 
FÁCIL ACEITAÇÃO
Um cartão de débito físico e virtual!
Você permanecerá no site atual

Aquisição da fintech Weel e o processo de expansão

A aquisição da fintech Weel chega para selar o processo de expansão do Banco BS2 que é o ex-banco Bonsucesso. A instituição foi criada pela família Pentagna Guimarães que é especializada em varejo e PMEs.



Publicidade

A fintech Weel foi criada em Israel e tem como a sua principal atividade oferecer capital de giro para empresas com receita média anual de aproximadamente R$ 10 milhões. Só para ter uma ideia, hoje em dia ela libera cerca de R$ 80 milhões por mês em antecipações.



Anúncios

No final de 2020 a instituição atingiu cerca de R$ 1 bilhão em financiamentos já realizados, por isso a sua aquisição é um importante passo do Banco BS2 no caminho da expansão para se tornar o maior banco em antecipação de recebíveis.


Veja também:


A atuação do Banco BS2

O BS2 pretende expandir a sua atuação com essa nova aquisição. Afinal, segundo o próprio presidente do banco, Marcos Magalhães, a instituição precisava de uma plataforma que operasse com uma pegada digital e com um modelo matemático.

A instituição acredita que o mercado bancário brasileiro está sofrendo uma profunda transformação e que as estruturas baseadas em inteligência artificial da Weel podem acabar favorecendo o BS2 nesse sentido.

Afinal, através da tecnologia que a fintech oferece, o banco espera entender de maneira mais efetiva qual é a melhor forma de atender as necessidades de cada empresa. Isso acaba dando ao banco uma grande vantagem em relação ao mercado bancário tradicional.

Segundo o cofundador da Weel, Simcha Neumark, “as iniciativas no mercado bancário do Brasil se concentram em ter soluções para necessidades específicas. Na visão de Neumark, nenhuma instituição bancária coloca o cliente no foco do negócio no Brasil.

Um pouco mais sobre a atuação do Banco digital BS2

O banco digital BS2 é uma instituição focada em contas digitais para empresas. Para isso, o banco oferece uma conta sem burocracia e sem nenhuma tarifa. Só para ter uma ideia, é possível fazer absolutamente tudo por lá.

Em resumo, é possível fazer TED´s e transferências, transações via Pix, cadastro de favorecidos, gerenciamento da conta, pagamentos de tributos com e sem código de barras, e toda a gestão financeira da sua empresa de maneira simples e intuitiva.

Além disso, você paga apenas pelo que usar. Ou seja, não há custo nenhum na emissão de boletos, apenas em boletos compensados que tem um pequeno valor de R$ 2,47. Fora isso, a sua empresa ainda pode realizar dois saques gratuitos por mês. E o custo do TED é de apenas R$ 3,50.

E você pode inclusive ter a sua maquininha BS2 Pay para realizar pagamentos presenciais de forma muito mais prática. Interessante, não? Se você gostou deste artigo não deixe de compartilhar com todos os seus amigos e parentes nas suas redes sociais.