BDMG Solidário Coronavírus: linha de crédito para pequenas empresas

O BDMG está oferecendo condições ainda melhores nas suas linhas de crédito, para ajudar as micro e pequenas empresas do estado de Minas Gerais. Confira.

Publicidade
Publicidade

BDMG Solidário Coronavírus

BDMG

Objetivando ajudar as micro e pequenas empresas do estado de Minas Gerais, o BDMG está oferecendo condições ainda melhores nas suas linhas de crédito.

O coronavírus veio sem escolher cidade, estado ou município. Como um furacão devastador, está simplesmente levando pânico ao mundo, causando inúmeras mortes assim como um profundo recesso econômico.

O BDMG entende esse momento, e assim como já esteve com os pequenos empreendedores nos momentos bons, também não seria diferente nos momentos difíceis pelos quais eles vem enfrentando.

Por essa razão, a instituição financeira criou uma linha de crédito exclusiva para esse momento: o BDMG Solidário Coronavírus.

Publicidade

BDMG Solidário Coronavírus

Em um primeiro momento essa linha de crédito era voltada somente para as micro e pequenas empresas sediadas em municípios de estado de emergência.

Publicidade

No entanto, com a expansão da pandemia do Covid-19, as condições foram estendidas para todos os municípios do estado de Minas Gerais.

Ele é voltado para micro e pequenas empresas que possuem faturamento igual ou inferior a 4,8 milhões ao ano. O principal objetivo é ajudar os pequenos negócios a terem mais fôlego em caixa, sendo que o crédito pode ser usado para:

  • Pagar salários;
  • Organizar o fluxo de caixa;
  • Reforçar o estoque;
  • Quitar multas e outras dívidas.

A estratégia em relação ao uso do dinheiro é, portanto, exclusivamente da empresa, visto que não é necessário que a mesma comprove ao banco onde está usando o dinheiro.

A taxa de juros do empréstimo é, todavia, bastante reduzida, girando em torno de 0,83% ao mês. O prazo de pagamento é de 48 meses com uma carência de 6 meses para começar a pagar.

E sabe o que é melhor? A análise de crédito acontece, desse modo, em até 1 hora. Isso mesmo, o BDMG sabe a pressa que o empreendedor tem, e por isso procura agilizar a vida do mesmo, sem nenhuma burocracia.


Veja também:


Outras linhas de crédito do BDMG

Além da linha de crédito BDMG Solidário Coronavírus, a instituição oferece outras linhas de crédito para ajudar os pequenos empreendedores. Dentre as principais linhas, podemos destacar:

  • Fungetur Giro;
  • Empreendedoras de Minas;
  • Giro Mais Saúde.

O Fungetur Giro é uma linha de crédito voltada exclusivamente para o setor que foi mais afetado nesta crise: o turismo. Sendo assim, a linha de crédito é operada com recursos do Ministério do Turismo e por isso possui condições bem especiais.

A taxa de juros é de apenas 0,41% ao mês + INPC, sendo que o prazo para pagamento é de 48 meses com uma carência de 12 meses para começar a pagar.

O Empreendedoras de Minas é uma linha de crédito que foi criada durante a campanha Março Especial Mulheres, sendo ela voltada para empresárias fortalecerem os seus negócios.

A taxa de juros é de apenas 0,80% ao mês, com prazo para pagamento de 48 meses e carência de 6 meses para começar a pagar.

Giro Mais Saúde

Por fim, o Giro Mais Saúde é uma linha de crédito que vai de encontro a esse momento. Ele é voltado para empresas do setor de saúde que podem usar o crédito para:

  • Comprar matéria prima;
  • Reforçar o estoque;
  • Melhorar a operação;
  • Contratar mão de obra temporária;
  • Dentre outros investimentos.

Essa é uma linha de crédito voltada, portanto, para empresas que faturam entre 4,8 milhões a 30 milhões por ano e que atuam na área da saúde em Minas Gerais.

A taxa de Juros é amparada na Selic + 5,99% ao ano, sendo que o prazo para pagamento é dessa forma, de 60 meses com carência de 6 meses para começar a pagar.

Como pudemos ver, o BDMG está realmente empenhado em ajudar empreendedores de Minas Gerais a superar a crise do coronavírus.

Gostou deste artigo? Deixe o seu comentário, sua sugestão e compartilhe essa notícia com seus amigos nas redes sociais.