BNDES disponibiliza R$ 5 bilhões em empréstimos para empresas

O BNDES disponibilizou R$ 5 bilhões de empréstimos para micro, pequenas e médias empresas. Confira mais informações no texto a seguir.

Publicidade
Publicidade

BNDES disponibiliza bilhões em empréstimos

BNDES

O BNDES (Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social) está disponibilizando R$ 5 bilhões de empréstimos para micro, pequenas e médias empresas.

Esse valor já estava previsto no plano inicial proposto pela equipe econômica para enfrentar os dados causados pelo novo coronavírus na economia.

A ideia é fazer com que os empresários enfrentem menos turbulência durante a pandemia, melhorando assim o caixa e a capacidade de investimento de suas empresas.

O dinheiro disponibilizado pelo BNDES pode ser usado tanto para investimentos em novos maquinários como também para uso de capital de giro e pagamento de contas.

Publicidade

Entendendo o empréstimo do BNDES

De acordo com o BNDES, foram aprovadas 16.318 operações com 15.094 empresas. No total, essas empresas são responsáveis por empregar 327.800 pessoas.

Publicidade

O valor médio de cada operação foi de R$ 318 mil, e como a pandemia ainda está longe de acabar, estima-se que até o final do ano a instituição irá emprestar cerca de R$ 5 bilhões para os empreendedores do país.

Segundo informações do próprio banco, a iniciativa vem sendo um sucesso. E por conta da extensão da pandemia e dos impactos econômicos sofridos pelas micro, pequenas e médias empresas o BNDES irá disponibilizar mais R$ 5 bilhões em novos empréstimos.

Sendo assim, a vigência da linha de crédito, segundo o próprio BNDES, será ampliada de 30 de setembro para até dia 31 de dezembro de 2020.


Veja também:


Setores contemplados com a linha de crédito

Os setores que estão sendo contemplados com a linha de crédito são o comércio e a prestação de serviços, que adquiriram 79,7% dos recursos. Na sequência vem a indústria de transformação com 19,5%.

O agronegócio ficou lá atrás com somente 0,7% dos recursos e a indústria extrativista foi responsável por apenas 0,1% do volume de negócios.

Nesta segunda etapa do projeto, o objetivo do crédito continuará sendo o mesmo. Ou seja, o governo vai oferecer recursos para o uso livre das empresas de forma simples e ágil, através dos agentes financeiros parceiros.

No último balanço, foi apurado que o BNDES conta com 31 agentes financeiros que atuam em todos os estados do país.

Todas as empresas podem solicitar o financiamento?

Praticamente todas as micro, pequenas e médias empresas do país poderão fazer a solicitação do crédito, visto que ele é disponível para todos estabelecimentos que possuem faturamento de até R$ 300 milhões anuais.

O prazo para pagamento é de até 60 meses, sendo que o empresário tem até 24 meses para começar a pagar. Já as taxas de juros são variáveis nessa modalidade, sendo negociadas entre a empresa e o agente financeiro.

Por conta desta linha de crédito, o governo pretende fomentar a economia, minimizando assim os impactos causados pela pandemia de coronavírus.

Contudo, apesar das iniciativas, a expectativa é de que a retração do PIB seja de 6,25% neste ano de 2020 de acordo com o relatório Focus. Já para 2021, acredita-se em uma recuperação e crescimento de 3,50%.

No entanto, é possível notar que mesmo com expectativa de crescimento para o próximo ano, ainda assim não será fácil recuperar o estrago causado pela pandemia.

Gostou deste artigo? Deixe o seu comentário, sua sugestão e compartilhe esta notícia com seus amigos nas redes sociais.