Cartão DIN Bradesco: Sem análise de crédito

Cartão Bradesco para negativados, sem comprovação de renda e nem análise de crédito. Também pode ser usado para tirar dinheiro no caixa eletrônico e comprar onde quiser, até na internet.

Publicidade
Publicidade

Cartão Bradesco DIN

Cartão DIN

Chega de ter cartão de crédito negado ou ficar enviando um monte de documentos e comprovando renda. O cartão DIN do Bradesco, não exige nada disso e nem quer saber se vocês está negativado. E com esse cartão, que é internacional, você pode realizar compras em qualquer lugar.

Você é menor de idade e quer um cartão? Chegou sua hora de ser livre. Saiba que para fazer a solicitação, a idade mínima é de apenas 14 anos. Por ser de bandeira Elo ou Visa, ele é aceito em diversos estabelecimentos.

E ainda tem mais: com ele você pode retirar dinheiro do caixa eletrônico em qualquer lugar. Junto do cartão, você recebe um aplicativo de celular para controlar suas finanças e ainda pode enviar e receber dinheiro. E o cartão é sem taxa nem anuidade.

BRADESCO DIN
CARTÃO PRÉ-PAGO

BRADESCO DIN

NEGATIVADO
 
SEM ANUIDADE
Cartão Bradesco Din sem anuidade e para negativados!
Você permanecerá no site atual

Um pouco mais sobre o Bradesco

O Bradesco é um dos mais sólidos bancos brasileiros da atualidade. Ele foi fundado no ano de 1943 na cidade de Marília em São Paulo. O fundador do banco foi Amador Aguiar, sendo que hoje o controle do banco pertence à Cia Cidade de Deus com 45,64% e a Fundação Bradesco com 17,04%.

Publicidade

No ano de 2010 o Bradesco era o único banco privado que estava presente em todos os municípios brasileiros, com pelo menos uma agência ou posto de atendimento. Ou seja, há uma unidade do Bradesco nas mais de 5.564 cidades brasileiras.

Publicidade

Desde 2012 a marca Bradesco foi considerada uma das mais valiosas da América Latina, pela consultoria Brad Finance. E no ano de 2016, o banco foi premiado pela Revista Isto É Dinheiro como a marca mais valiosa do Brasil dos últimos dez anos.

Naquele mesmo ano o banco ficou em 24º lugar na lista de maiores bancos do mundo da revista Forbes, sendo que no ano de 2017 ele alcançou a segunda posição entre os bancos de maior patrimônio líquido do Brasil.

Em 2019 o banco foi eleito mais uma vez como a Marca mais valiosa do Brasil pela revista Isto É Dinheiro. Ou seja, isso mostra a solidez do Bradesco, e o seu compromisso com seus clientes.

O Bradesco não para de inovar

Diante de tanta história, dá para ver que o Bradesco zela pela sua reputação e procura sempre desenvolver soluções que vai de anseio às necessidades dos seus clientes.

Por isso, diante do crescimento dos bancos digitais, e também dos cartões de crédito oferecidos pelas fintechs que estão surgindo no mercado, o Bradesco não poderia ficar para trás.

Embora este seja um importante passo para o banco no seu processo de digitalização, essa estratégia já vem sendo desenhada pela instituição quando incorporou o Next que também funciona como um banco digital.

No entanto, o cartão DIN é um cartão de crédito pré-pago, feito para ir ainda mais além e angariar toda a população desbancarizada do Brasil. Vamos conhecer um pouco mais sobre este produto?

Cartão DIN do Bradesco chegou para inovar

Não é de hoje que as fintechs e startups estão apresentando um crescimento cada vez maior. Um dos pontos que colabora para isso, além do crescimento tecnológico, é, no entanto, a comodidade que elas proporcionam na vida das pessoas.

Se antes para fazer diversas atividades bancárias era necessário se dirigir até uma agência, hoje essa realidade mudou. É possível fazer, portanto, praticamente tudo através do smartphone.

Consultar saldos, extratos, fazer transferências, acompanhar a fatura do cartão. Enfim, diante de tanta comodidade os bancos tradicionais viram muitos dos seus clientes migrarem para os bancos digitais.

O resultado? Uma verdadeira busca pelo tempo perdido. Bradesco, Banco do Brasil, Itaú e Santander, antenados neste futuro, estão buscando oferecer a cada dia mais e mais produtos digitais para seus clientes.

Foi pensando nisso que o Bradesco lançou o cartão pré-pago DIN. Um cartão que traz inúmeras vantagens para seus clientes.


Veja também:


Vantagens do novo produto do Bradesco

O cartão DIN traz uma infinidade de vantagens para seus usuários. Por meio do app Bradesco DIN ou até mesmo pelo site é possível realizar transferências gratuitas para outros clientes DIN.

Além disso, você também pode fazer transferências para contas do Bradesco como também para contas de outras instituições tanto pelo app quanto pelos caixas eletrônicos do banco que também aceitam o cartão DIN.

Os depósitos para abastecer o cartão podem ser feitos em dinheiro nos correspondentes Bradesco Expresso. Ah, e os saques também podem ser feitos nos correspondentes bem como nos caixas eletrônicos do banco e na rede Banco24horas.

Fora tudo isso, se você gosta de ir ao cinema, tem 50% de desconto no ingresso, na pipoca pequena, no refrigerante e no suco de 500 ml na rede Cinemark em todo o Brasil. E o custo para ter o cartão é de apenas R$ 15,00 na emissão.

Isso mesmo, você só paga uma única vez e não tem que pagar mais anuidade. Lembrando que esse é um cartão pré-pago que para ser usado precisa ser abastecido antes.

Um novo futuro se descortina diante de nós

Como foi possível ver, o Bradesco não perdeu tempo, e passou a oferecer para seus clientes um cartão pré-pago com muito mais vantagens que os seus concorrentes.

Essa é uma tendência que veio para ficar, afinal, quem não possui conta em banco e nem cartão de crédito, agora não precisa mais andar com o dinheiro no bolso, correndo riscos de assalto e até de perda.

Portanto, o Bradesco entendendo essa tendência de mercado, passou a oferecer o Cartão DIN, um produto inovador que deverá ter uma ampla abrangência.

Então, se você estava procurando um cartão para usar na função crédito nas suas compras online, agora você encontrou. Solicite o seu cartão DIN do Bradesco e desfrute de tudo que essa instituição tem para te oferecer. Gostou desta notícia? Então compartilhe com seus amigos nas redes sociais.

* Texto atualizado em março de 2021 por José Carlos Sanchez Júnior