Caixa paga novos lotes da primeira e segunda parcela do Auxílio Emergencial

Nova rodada de recebimento do auxílio emergencial. O pagamento se dará por meio de um calendário que foi estabelecido pelo Governo Federal por ordem de nascimento.



Anúncios



Publicidade

Caixa paga parcelas do Auxílio Emergencial

cronograma para pagamento do auxílio emergencial

A segunda parcela do auxílio emergencial começou a ser paga no dia 20 de maio pela Caixa Econômica Federal.

O pagamento se dará por meio de um calendário que foi estabelecido pelo Governo Federal por ordem de nascimento. Sendo assim, no dia 20 receberam o benefício as pessoas que nasceram em janeiro e fevereiro.

No dia 21 os nascidos em março e abril, dia 22 os nascidos em maio e junho, dia 23 nascidos em julho e agosto, dia 25 nascidos em setembro e outubro e dia 26 os nascidos em novembro e dezembro.

Além disso também já estão recebendo a segunda parcela do auxílio, os beneficiários do Bolsa Família. E um novo lote de beneficiários aprovados nascidos em março também começaram a receber a primeira parcela.



Publicidade

Depósito do auxílio emergencial está sendo feito em uma poupança social

Para quem não faz parte do Bolsa Família, houve uma mudança no recebimento do auxílio emergencial.



Anúncios

Enquanto a primeira parcela foi transferida para uma conta corrente cadastrada no aplicativo, a segunda parcela será paga para todos os beneficiários por meio de uma poupança social aberta na Caixa.

Essa poupança poderá ser controlada pelo aplicativo Caixa TEM, e o valor em um primeiro momento não poderá ser nem sacado e nem transferido para outras contas.

Só será permitido, portanto, o pagamento de boletos e compras por meio de um cartão de débito virtual.

Após o dia 30 de maio, os valores estarão disponíveis, também por ordem de nascimento para a realização do saque e de transferências para outras contas.

Pagamento da primeira parcela para novos beneficiários

Para quem irá receber a primeira parcela ainda, será, no entanto, um pouco diferente. Nesse caso, o beneficiário poderá, desse modo, indicar uma conta para o recebimento, assim como foi feito para quem recebeu a primeira parcela do benefício em abril.

Quem não tem uma conta para indicar, irá receber o valor por meio de uma poupança social criada, dessa forma, automaticamente na Caixa Federal. O calendário de pagamento para os novos aprovados será, portanto, o seguinte:

  • 19 de maio – Nascidos em janeiro;
  • 20 de maio – Nascidos em fevereiro;
  • 21 de maio – Nascidos em março;
  • 22 de maio – Nascidos em abril;
  • 23 de maio – Nascidos em maio, junho e julho;
  • 25 de maio – Nascidos em agosto;
  • 26 de maio – Nascidos em setembro;
  • 27 de maio – Nascidos em outubro;
  • 28 de maio – Nascidos em novembro;
  • 29 de maio – Nascidos em dezembro.

Veja também:


Calendário de pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial

A segunda parcela do auxílio emergencial também será paga por meio de um calendário para evitar, desse modo, aglomerações nas agências da Caixa.

Esse calendário, porém, só é válido para quem recebeu a primeira parcela do benefício até o dia 30 de abril. Para quem recebeu depois desta data ainda não foi informado quando será o pagamento da segunda parcela.

Serão, portanto, três calendários diferentes de recebimento: um para quem receberá pela poupança digital, um para realizar os saques em espécie para os beneficiários do Bolsa Família, e outro para fazer o saque e transferências da poupança digital.

Os depósitos em poupança digital serão feitos, portanto, nas seguintes datas:

  • 20 de maio – Nascidos em janeiro e fevereiro;
  • 21 de maio – Nascidos em março e abril;
  • 22 de maio – Nascidos em maio e junho;
  • 23 de maio – Nascidos em julho e agosto;
  • 25 de maio – Nascidos em setembro e outubro;
  • 26 de maio – Nascidos em novembro e dezembro.

Para quem é beneficiário do Bolsa Família, o calendário de recebimento será pelo último dígito do número do NIS, seguindo, desse modo, as seguintes datas:

  • 18 de maio – NIS com final 1;
  • 19 de maio – NIS com final 2;
  • 20 de maio – NIS com final 3;
  • 21 de maio – NIS com final 4;
  • 22 de maio – NIS com final 5;
  • 25 de maio – NIS com final 6;
  • 26 de maio – NIS com final 7;
  • 27 de maio – NIS com final 8;
  • 28 de maio – NIS com final 9;
  • 29 de maio – NIS com final 0.

Por fim, para quem vai esperar para sacar o valor da poupança social, ou transferi-lo para outra conta corrente, o calendário será, portanto, o seguinte:

  • 30 de maio – Nascidos em janeiro;
  • 01 de junho – Nascidos em fevereiro;
  • 02 de junho – Nascidos em março;
  • 03 de junho – Nascidos em abril;
  • 04 de junho – Nascidos em maio;
  • 05 de junho – Nascidos em junho;
  • 06 de junho – Nascidos em julho;
  • 08 de junho – Nascidos em agosto;
  • 09 de junho – Nascidos em setembro;
  • 10 de junho – Nascidos em outubro;
  • 12 de junho – Nascidos em novembro;
  • 13 de junho – Nascidos em dezembro.

Dataprev começa a finalizar os cadastros

Até o momento a Caixa Federal já pagou, portanto, R$ 44,3 bilhões em auxílio emergencial para aproximadamente 51,5 milhões de beneficiários.

De acordo com a Caixa, foram processados, contudo, pela DataPrev até a última segunda-feira (18/05) 101,2 milhões de cadastros. Deste total, 59 milhões foram considerados elegíveis.

Dos elegíveis, 19,2 milhões são, portanto, beneficiários do Bolsa família, 10,5 milhões inscritos no Cadastro Único e 29,3 milhões que foram inscritos pelo aplicativo ou site da Caixa.

Ainda restam, dessa forma, 4,5 milhões de cadastros que estão em análise ou reanálise, mas que deverão ser aprovados ou não já nos próximos dias.

Gostou deste artigo? Deixe o seu comentário, sua sugestão e compartilhe esta notícia com seus amigos nas redes sociais.