Saque imediato do FGTS acaba em março: Saiba como receber

Publicidade

Você já realizou o saque imediato do FGTS? Não? Então fique atento, pois o prazo está se esgotando e vai somente até o final deste mês.

Desde quando foi liberado, o governo estipulou o dia 31 de março de 2020 como a data limite para a realização dos saques tanto das contas ativas quanto das contas inativas do FGTS.

Essa modalidade teve início no mês de setembro do ano passado, onde os trabalhadores puderam ir sacando de acordo com um determinado calendário. No entanto, à partir de dezembro os saques já estavam disponíveis para todos trabalhadores.

O Saque imediato do FGTS pode ser feito por todos trabalhadores

Tanto o trabalhador que está desempregado quanto o que está empregado tem direito ao saque imediato. No entanto, o valor disponível para sacar é limitado em R$ 500,00 por conta ativa ou inativa.

Publicidade

Sendo assim, se uma pessoa possui 4 contas inativas e 1 ativa com saldo suficiente de R$ 500,00 em cada uma, poderá dessa forma sacar R$ 2.500,00. 

Publicidade

Em dezembro, porém, o governo decidiu liberar todo o dinheiro do FGTS para quem possuía saldo inferior à R$ 998,00 em contas inativas do FGTS até julho de 2019. Já para quem tinha saldo superior a isso o limite continuou sendo os R$ 500,00.


Veja também:


O trabalhador pode optar em não realizar o saque

Embora o governo tenha liberado o saque imediato, ele não é obrigatório. Sendo assim, os trabalhadores poderão optar em deixá-lo na conta FGTS, devendo somente informar a CEF sobre a decisão.

Caso o trabalhador tenha uma conta corrente na Caixa, o dinheiro foi disponibilizado automaticamente, e para retorná-lo à conta do FGTS também é preciso emitir um comunicado para o banco sobre a decisão.

Para quem não possui conta na Caixa e ainda não sacou o dinheiro, pode fazer o saque em uma agência bancária, casas lotéricas, caixa eletrônico ou correspondentes da Caixa Aqui.

Para isso basta levar o cartão cidadão e um documento de identificação com foto. Quem não possui o cartão cidadão precisa levar a carteira de trabalho.

A Caixa também disponibilizou o saque digital onde é possível realizar a transferência eletrônica do saldo para uma conta pessoal em qualquer banco. Basta para isso baixar o aplicativo e criar um login e senha. Essa opção não possui nenhum custo para o usuário.

Gostou de saber um pouco mais sobre o saque imediato do FGTS? Deixe o seu comentário, sua sugestão e compartilhe essa notícia nas redes sociais.