Auxílio emergencial – Cerca de 7,2 milhões de brasileiros receberão hoje

Seguindo o calendário de pagamento do auxílio emergencial, a Caixa Federal anunciou que hoje (22/04) aproximadamente 7,2 milhões de brasileiros irão receber, portanto, a primeira parcela do benefício.

Esse lote inclui, dessa forma, 1,2 milhão de pessoas cadastradas no Cadastro Único que não recebem Bolsa Família, 4,1 milhões cadastrados via aplicativo e site e 1.941.261 beneficiários do Bolsa Família.

Até o momento já foram pagos, contudo, R$ 16,3 bilhões para aproximadamente 24,2 milhões de brasileiros. Desses que já receberam a primeira parcela, 9,3 milhões estavam, desse modo, inscritos no CadÚnico, 5,8 milhões eram beneficiários do bolsa família e 9,1 milhões fizeram a solicitação pelo aplicativo da Caixa.

Pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial

A partir de amanhã (23/04) a Caixa começa a realizar, portanto, o pagamento da segunda parcela do benefício, tanto para quem está no CadÚnico quanto para quem fez a solicitação pelo site ou aplicativo do banco. O calendário de pagamento será o seguinte:

  • 23 de abril – Nascidos em janeiro e fevereiro;
  • 24 de abril – Nascidos em março e abril;
  • 25 de abril – Nascidos em maio e junho;
  • 27 de abril – Nascidos em julho e agosto;
  • 28 de abril – Nascidos em setembro e outubro;
  • 29 de abril – Nascidos em novembro e dezembro.

Lembrando que esse calendário é válido para quem fez o pedido pelo aplicativo, site ou está inscrito no CadÚnico sem receber o Bolsa Família. Para os beneficiários do Bolsa Família o calendário para receber a primeira parcela será, portanto, o seguinte:

  • 22 de abril – Beneficiários cujo último dígito do NIS é 4;
  • 23 de abril – Beneficiários cujo último dígito do NIS é 5;
  • 24 de abril – Beneficiários cujo último dígito do NIS é 6;
  • 27 de abril – Beneficiários cujo último dígito do NIS é 7;
  • 28 de abril – Beneficiários cujo último dígito do NIS é 8;
  • 29 de abril – Beneficiários cujo último dígito do NIS é 9;
  • 30 de abril – Beneficiários cujo último dígito do NIS é 0.

Já o recebimento da segunda parcela para quem recebe o Bolsa Família será, entretanto, nos últimos dez dias úteis de maio e a terceira parcela nos últimos dez dias úteis de abril.


Veja também:


Terceira parcela do benefício

Tanto para quem fez o cadastro pelo aplicativo quanto para quem está do Cadastro Único e não recebe o bolsa família, o pagamento da terceira parcela será nas seguintes datas:

  • 26 de maio – Nascidos de janeiro a março;
  • 27 de maio – Nascidos de abril a junho;
  • 28 de maio – Nascidos de julho a setembro;
  • 29 de maio – Nascidos de outubro a dezembro.

Lembrando que para quem fez a opção em receber em uma poupança virtual aberta pela própria Caixa o saque também terá um calendário próprio.

No entanto, é possível fazer transferências para outra conta da caixa ilimitadamente, ou até 3 transferências mensais para contas de outros bancos sem custo pelos próximos 90 dias. Também é possível pagar contas de água, luz, telefone e boleto bancário.

Para quem deseja esperar para sacar o dinheiro, o calendário será o seguinte:

  • 27 de abril – Nascidos em janeiro e fevereiro;
  • 28 de abril – Nascidos em março e abril;
  • 29 de abril – Nascidos em maio e junho;
  • 30 de abril – Nascidos em julho e agosto;
  • 4 de maio – Nascidos em setembro e outubro;
  • 5 de maio – Nascidos em novembro e dezembro.

Quem tem direito a receber o auxílio emergencial?

Para receber o auxílio a pessoa precisa ser maior de 18 anos, estar com o CPF regularizado, não ter emprego formal e não estar recebendo nenhum benefício previdenciário ou assistencial com exceção, contudo, do bolsa família.

Ademais, também é necessário ter uma renda de até meio salário mínimo (R$ 522,50) por pessoa ou até 3 salários mínimos (R$ 3.135,00) por família. Também não pode, portanto, o trabalhador ter recebido acima de R$ 28.559,70 no ano de 2018.

Além disso, é necessário ser microempreendedor individual (MEI) ou contribuinte individual do Regime Geral da Previdência Social que trabalhe por conta própria. Também terá o direito o trabalhador informal, autônomo, desempregado e intermitente inativo.

Quem está cadastrado no CadÚnico até o dia 20 de março deste ano também receberá o auxílio. Lembrando, entretanto, que mulher chefe de família pode receber duas cotas, ou seja, R$ 1.200 por mês.

O auxílio pode ser solicitado pelo site da Caixa ou aplicativo, disponível tanto para sistema Android quanto para iOS.

Gostou deste artigo? Deixe o seu comentário, sua sugestão e compartilhe essa notícia com seus amigos nas redes sociais.