Auxílio emergencial: Caixa lança nova versão do aplicativo Caixa Tem

A Caixa Federal lançou uma nova versão do aplicativo Caixa Tem para receber o auxílio emergencial. Continue a leitura para mais informações.

Publicidade

Auxílio emergencial

cronograma para pagamento do auxílio emergencial

Após inúmeras reclamações de usuários, a Caixa Federal lançou uma nova versão do aplicativo Caixa Tem para receber o auxílio emergencial.

Esse é um aplicativo necessário para quem optou em receber o auxílio por meio de uma poupança social na Caixa.

Lembrando que quem já era correntista da Caixa ou tinha conta bancária em outros bancos, não precisa baixar este aplicativo, visto que o valor do auxílio irá cair diretamente na conta informada.

Contudo, quem optou pela poupança social, depende deste aplicativo para realizar movimentações financeiras, e o aplicativo estava apresentando diversos problemas que estavam sendo relatados pelos usuários.

Publicidade

Desse modo, a Caixa disponibilizou uma nova versão do aplicativo, sendo que quem já tinha o aplicativo anterior instalado no celular, basta apenas atualizá-lo.

Publicidade

Saques começaram a ser liberados nesta semana

A partir de segunda-feira (27/04) começaram a ser liberados os saques para quem fez a opção de receber o auxílio emergencial pela poupança social.

No entanto, para sacar o valor, os usuários dependem de um código gerado pelo aplicativo Caixa Tem, sendo que o cronograma de recebimento será o seguinte:

  • 27 de abril – Nascidos em janeiro e fevereiro;
  • 28 de abril – Nascidos em março e abril;
  • 29 de abril – Nascidos em maio e junho;
  • 30 de abril – Nascidos em julho e agosto;
  • 04 de maio – Nascidos em setembro e outubro;
  • 05 de maio – Nascidos em novembro e dezembro.

Principais problemas relatados para sacar o auxílio emergencial

Um dos principais problemas relatados é que em alguns celulares não é possível baixar o aplicativo do governo.

Com isso, muitas pessoas não estão conseguindo gerar o código para realizar o saque do auxílio emergencial. Esse era um dos principais problemas relatados pelas pessoas que não estão conseguindo sacar o benefício.

Dependendo do aparelho há ainda um outro problema que está sendo relatado. Ao baixar o aplicativo, a nova versão fala que o aparelho foi desabilitado para quem não faz parte do programa, isso sem nem pedir nenhum dado de confirmação.

Segundo Pedro Guimarães, presidente da Caixa, esses erros são ocasionados pelo congestionamento do sistema. Afinal, em um único dia o Caixa Tem chegou a registrar cerca de 20 milhões de transações.

Diferente do aplicativo “Caixa | Auxílio Emergencial”, o Caixa Tem foi criado há aproximadamente 06 meses, sendo ele criado para rodar em celular mais simples, com menos memória e baixo uso de dados móveis.


Veja também:


Congestionamento se deve ao número de pedidos do auxílio emergencial

Enquanto que o aplicativo do Auxílio Emergencial teve aproximadamente 63,8 milhões de downloads, o aplicativo Caixa Tem teve 52 milhões.

De acordo com a Caixa, aproximadamente 48 milhões de pessoas se inscreveram para receber o auxílio, sendo que nem todas estão aptas a recebê-lo. Isso colabora para o congestionamento.

Até o momento cerca de 39 milhões de brasileiros já receberam o auxílio, que varia de R$ 600 a R$ 1.200, chegando em um total de R$ 27,7 bilhões desembolsados pelo programa.

A segunda parcela que seria adiantada para esse mês, será paga somente no mês de maio em um calendário que ainda não foi divulgado pelo governo.

Gostou deste artigo? Deixe o seu comentário, sua sugestão e compartilhe essa notícia com seus amigos nas redes sociais.