Consultar auxílio emergencial: Governo libera novo site da Dataprev



Anúncios



Publicidade

Muitas dúvidas foram levantadas sobre o processo de aprovação do auxílio emergencial. Por isso, a Dataprev disponibilizou uma nova ferramenta para consulta.

Essa ferramenta foi lançada na semana passada pelo ministério da Cidadania em parceria com a Dataprev. 

Ela é específica para que os solicitantes do benefício consultem a disponibilidade dos recursos bem como o status do processo de concessão.

No entanto, é preciso deixar claro que o site não substitui as outras plataformas que já foram disponibilizadas.



Publicidade

Afinal, a principal funcionalidade dessa ferramenta é a realização da consulta onde a gestão do auxílio ficará por conta dos apps e site da Caixa Auxilio emergencial e Caixa Tem.



Anúncios

Mais opções de recurso para o cidadão

Essa ferramenta é mais uma opção para que o cidadão encontre mais recursos na hora de consultar a concessão e liberação do benefício.

Um dos principais objetivos dessa plataforma é ajudar a diminuir a sobrecarga que está recaindo sobre os outros aplicativos disponibilizados pela Caixa Federal.

Lembrando que a DataPrev é a empresa pública responsável pela gestão da ferramenta, e já analisou cerca de 97,7 milhões de pedidos.

Desse valor, 50,5 milhões de benefícios foram aprovados, sendo que 32,8 milhões foram considerados inelegíveis e 13,7 milhões precisam de correção nos dados cadastrais.


Veja também:


Um pouco mais sobre o auxílio emergencial

O auxílio emergencial foi um benefício concedido pelo governo para ajudar os profissionais que estão mais vulneráveis durante a crise como os autônomos, profissionais liberais, MEIs e desempregados que não estejam recebendo seguro desemprego.

Conquanto, para receber o auxílio é preciso que o solicitante cumpra alguns requisitos como:

  • Ser maior de 18 anos;
  • Não ter nenhum emprego formal;
  • Não estar recebendo nenhum benefício previdenciário ou assistencial;
  • Ter renda familiar por pessoa de até meio salário mínimo ou de até três salários mínimos por família;
  • Não ter rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 no ano de 2018;
  • Não estar recebendo seguro desemprego ou qualquer outro programa de transferência de renda do governo federal, exceto o bolsa família.

A solicitação do benefício para quem está cadastrado no CadÚnico é automática, já para quem não faz parte, é preciso fazer a solicitação pelo site ou pelo aplicativo “CAIXA | Auxilio Emergencial”.

Como fazer a consulta pelo novo site do auxílio emergencial

Primeiramente, é preciso acessar o site que está disponibilizado desde a semana passada clicando aqui.

auxílio emergencial
Foto/Reprodução: Filipe Garrett

Depois será preciso preencher os mesmos dados que foram informados no cadastro do auxílio emergencial.

É necessário nesse caso informar o CPF, nome completo, nome da mãe e data de nascimento. Feito isso, marque a opção reCAPTCHA, e então clique em enviar.

auxílio emergencial
Foto/Reprodução: Filipe Garrett

Você será direcionado para uma nova tela, onde na coluna à esquerda estará as datas e o status do processo.

Foto/Reprodução: Filipe Garrett

Gostou deste artigo? Deixe o seu comentário, sua sugestão e compartilhe essa notícia com seus amigos nas redes sociais.